BrasilBaleia Azul: ameaça de envenenamento de crianças começou em MG e pode ser boatoA mesma mensagem já rodou o país e o desafio não condiz com lista do jogo
Da redaçãoQuinta, 20 de Abril de 2017 - 16:54
Baleia Azul: ameaça de envenenamento de crianças começou em MG e pode ser boato

Na manhã de quarta-feira (19) uma mensagem com uma suposta ameaça de envenenamento à crianças do município de Ponta Porã chocou a população sul-mato-grossense. O envenenamento seria uma etapa do jogo Baleia Azul, mas segundo informações a mesma mensagem estaria circulando por todo o pai e além de se tratar de um boato não condiz com o que consta na lista do jogo.

O texto diz que o crime seria uma das tarefas associadas ao "Jogo da Baleia Azul", que ficou conhecido como a sequência de 50 desafios que envolvem isolamento social, automutilação e incentivo ao suicídio de adolescentes e jovens. Porém, cometer crimes contra terceiros não é uma tarefa que consta, ao menos, na lista aberta e conhecida dos 50 desafios atribuídos ao Baleia Azul.

Além disso a suposta ameaça compartilhada tem características de "viral", já que  reproduz sempre um texto padrão: nele são trocados apenas cidade, escolas alvo e autor.

Uma das primeiras cidades a ser apontada como alvo da ameaça foi Ipanema, em Minas Gerais, e lá a Polícia Militar disse que se tratava de um boato a mensagem que citava escolas da cidade. No mesmo caso, um jovem apontado como suposto autor negou qualquer ameaça e disse que seu nome passou a ser associado ao texto após ter feito uma brincadeira no Facebook dizendo que estava jogando o Baleia Azul.

O aproveitamento do Baleia Azul por oportunistas e sua ligação com notícias falsas é apontada por especialistas desde sua origem, em 2015, na Rússia. A Safernet, associação que monitora violação de direitos humanos na internet, diz que o Baleia Azul começou após notícia falsa em rede estatal russa sobre suicídio de jovens.

Deixe seu comentário

Leia Também

SESC