TJ outubro-18 - interna
BrasilDelcidio é absolvido por obstrução de justiça, caso que o cassou
Da redação com Folha de São Pauloquinta, 12 de julho de 2018 - 13:28
Delcidio é absolvido por obstrução de justiça, caso que o cassou

O ex-senador Delcídio do Amaral foi absolvido no caso da suposta tentativa de comprar o silêncio do ex-diretor internacional da Petrobras, Nestor Cerveró.

Além de Delcídio, o juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, absolveu, no mesmo caso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o banqueiro André Esteves, o advogado de Cerveró, Edson Ribeiro, o pecuarista José Carlos Bumlai, o filho de Bumlai, Maurício, e o ex-assessor de Delcídio, Diogo Ferreira.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, o juiz considerou que não havia provas suficientes de obstrução de Justiça contra os acusados. Lula, José e Maurício Bumlai foram acusados de embaraços à investigação. Foram acusados de prestígio e patrocínio infiel, o ex-senador Delcídio, Diogo e Edson. Esteves foi acusado de embaraço e exploração de prestígio.

O processo em questão, motivou a cassação de Delcídio, senador por Mato Grosso do Sul na época, e sua prisão decretada pelo então ministro do STF, Teori Zavascki. o ex-senador foi preso em 2015, após vir à tona a gravação de uma conversa na qual ofereceu auxílio financeiro para evitar a colaboração premiada de Cerveró. Segundo a Procuradoria-Geral da República, eles teriam oferecido R$ 50 mil pelo silêncio de Nestor.

Deixe seu comentário

Leia Também

SESC