TJ outubro-18 - interna
CidadeSemáforos da Coca-Cola em testesSinalização será avaliada até o dia 14, quando está programada sua inauguração
Da redação com assessoriasábado, 11 de agosto de 2018 - 11:32

Os semáforos instalados há uma semana na rotatória da Coca-Cola, no entroncamento das avenidas Gury Marques e Interlagos, foram colocados em funcionamento para serem avaliados até o próximo dia 14, quando está programada a inauguração. Em fase de testes, o conjunto semafórico foi instalado para reordenar o trânsito no local que registra um fluxo diário de 40 mil veículos. Nos próximos dias será feita a regulação definitiva dos tempos do verde e do vermelho.

Segundo o diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Janine Bruno, esta fase experimental é importante para que as pessoas comecem a se habituar com a semaforização.  A orientação para aqueles  que vão seguir em frente pela avenida Gury Marques (nos dois sentidos) é que optem pela terceira pista à direita. Com o objetivo de orientar, equipes da divisão de Educação do Trânsito começaram um trabalho educativo na rotatória, com a distribuição de panfletos e adesivos que visam estimular o uso da terceira pista.

Paralelamente às blitz educativas com a participação da diretora de Educação para o Trânsito, Ivanise Rotta, mais de 50 trabalhadores estão mobilizados na conclusão do plantio de grama na rotatória. Outro grupo conclui a pintura de faixas e instalação de placas de orientação. Também está prevista a instalação de semáforos e faixa de pedestres, que farão a travessia de forma segura, utilizando as calçadas já construídas.
 
Investimento 

A semaforização da rotatória da Coca-Cola, de acordo com os técnicos da Agetran, é uma alternativa mais viável financeiramente, com investimento de pouco mais de R$ 1,1 milhão, se comparada à construção de um viaduto, orçado em mais de R$ 40 milhões, que demoraria pelo menos dois anos para ficar pronto.  “A experiência bem-sucedida na rotatória da Via Parque com a avenida Mato Grosso, onde a mesma solução foi adotada, reforça nossa confiança na viabilidade do projeto”, informa o diretor da Agetran.

Além da instalação de um conjunto semafórico, a prefeitura recapeou 100 metros de cada uma das seis alças de acesso e o contorno da rotatória. Foram usadas 700 toneladas de massa asfáltica  aplicadas em 1,2 quilômetro de pista. A recuperação do pavimento foi feita com equipamentos e pessoal da própria Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos.

O diretor da Agetran lembra  que este projeto da rotatória da Coca-Cola é mais simples que o implantado na avenida  Mato Grosso com a avenida Nelly Martins, onde foi preciso executar uma série de obras, com redução de canteiros e redimensionamento da rotatória para a abertura de uma terceira pista de rolamento, bem como a abertura de uma alça de acesso.

“A dinâmica do trânsito lá é muito mais complicada, com  gargalos de tráfego praticamente o dia inteiro. Na avenida Gury Marques há formação de congestionamento das 7h às 8h da manhã, na pista bairro/centro, e à tarde, das 17h  às 19h, na pista contrária. Outra vantagem é que a rotatória já tem três pistas de rolamento”, explica Janine.

Na sequência, haverá intervenções semelhantes nas rotatórias das avenidas Tamandaré com Euler de Azevedo; Três Barras com Marquês de Lavradio; Joaquim Murtinho com rua Ceará e avenida Eduardo Elias Zahran com a rua Joaquim Murtinho.

Deixe seu comentário

Leia Também

SESC