As grandes mulheres do vinho - 1
MondovinoDonizetti Vicentin19/11/2017 09:42

Quando pensamos no mundo do vinho, sempre parece um mundo masculino, mas temos ali muitas mulheres que fizeram e fazem a diferença.

Hoje quando tomamos um champanhe, vemos um liquido claro, translucido e límpido, mas nem sempre foi assim.

O champanhe, nada mais e que um vinho, por exemplo, um chardonnay, fermentado pela segunda vez, essa fermentação deixa um resíduo solido que se  deposita no fundo da garrafa, esse resíduo  não tinha como ser retirado e a bebida tinha que ser servida com cuidado para que ele não caísse nela.

Isso durou muito anos ate que uma viúva entrou na historia, seu nome era Nicole-Barbe Ponsardin, casou-se com François Clicquot, Seu marido morreu em 23 de outubro de 1805, deixando-a viúva(veuve em francês) e no controle da companhia, dai a famosa bebida, Veuve Clicquot, (lê-se, Vuve Clico).

Com a ajuda de seu mestre de adega, Antoine de Müller, Clicquot inventou  processo de produção de champanhe que é utilizado ate hoje, para se livrar dos resíduos, as garrafas são giradas e inclinadas lentamente varias vezes ao dia, ate que ela fique totalmente na vertical, virada para baixo.

No fim do processo a borra se depositou toda no fundo do gargalo este processo se chama riddling rack (inclinação gradual das garrafas até a vertical), que permite o dégorgement (degolação, eliminação) de restos de levedura e sedimentos do vinho num processo de purificação da bebida.

A invenção de Clicquot compunha-se de uma mesa de madeira com buracos circulares nela perfurados, que permitia à garrafa de vinho ser presa. Todo dia, um ajudante de mestre de adega cuidadosamente sacudia e girava (remuage) a garrafa para conduzir os restos de levedura e sedimentos acumulados no gargalo. Uma vez acumulados, a tampa era congelada. Após a retirada da rolha, os sedimentos eram expulsos naturalmente pela expansão dos gases. O vinho, purificado, era novamente lacrado com rolha.

Então graças à inteligência de uma mulher temos o champanhe que conhecemos hoje.

Um brinde a essa mulher moderna, inteligente e independente, uma das primeiras feministas.

 

BONS VINHOS A TODOS

 

PARE DE FAZER ESSAS cinco COISAS

 

1 – TENTAR AGRADAR A TODOS

2 – TEMER A MUDANÇA

3 – TER SEMPRE RAZÃO

4 – COLOCAR-SE PARA BAIXO

5 – BEBER POUCO VINHO.

Deixe seu comentário

Leia Também

iptu - dezembro

+ mais galeriasGalerias de Fotos