Portugueses brilham na França - Concurso de Bordéus
MondovinoDonizetti Vicentin11/06/2018 11:05

No tradicional Challenge International du Vin realizado em de Bordéus, França, os vinhos portugueses foram o grande destaque conquistaram mais de 100 medalhas no certame.

Este concurso, que se realiza em Bordéus existe há mais de 50 anos é um dos mais antigos concursos internacionais de vinhos do mundo.

Foram inscritas mais de 4000 amostras de vários paises, provados por 800 profissionais e não profissionais do mundo do vinho, tudo com degustação as cegas, ou seja ninguém sabia o que estava bebendo e o julgamento é baseado em critérios específicos e iguais a todos.

É ainda um concurso que reflete a preferência de consumidores, dado que nos jurados existe uma mistura de amadores e profissionais.

Apresento os principais resultados dos vinhos portugueses que fizeram bonito na França.

Medalha de Ouro

Vinho

Cor / Tipo

    Região

MURGANHEIRA TOURIGA NACIONAL BRUTO 2009

Branco

    Távora      Varosa

MARQUES DE MARIALVA – EXTRA BRUTO CUVEE 2012

Branco

Bairrada

MARQUES DE MARIALVA GRANDE RESERVA ARINTO 2014

Branco

Bairrada

HERDADE DA AJUDA RESERVA 2015

Branco

Alentejo

ADEGA MAYOR RESERVA DO COMENDADOR 2016

Branco

Alentejo

VALLEGRE RESERVA 2016

Branco

Douro

CASA ERMELINDA FREITAS – SAUVIGNON BLANC 2016

Branco

Península de Setúbal

QP.CHARDONNAY PREMIUM 2016

Branco

Alentejo

RESTRITO 2016

Branco

Douro

ADEGA VILA REAL RESERVA 2017

Branco

Douro

 

 

 

Medalha de Prata

 

 

Vinho

Cor / Tipo

Região

MURGANHEIRA CHARDONNAY BRUTO 2010

Branco

Távora Varosa

CASA DO CANTO – [email protected] 2015

Branco

Bairrada

CASA DO CANTO – COLHEITA SELECIONADA 2016

Branco

Bairrada

VVB ALVARINHO DEU LA DEU 2016

Branco

Vinhos Verdes

PORTAS DA CANDEEIRA 2016

Branco

Alentejo

ADEGA MAYOR SELECAO 2016

Branco

Alentejo

BUSTO RESERVA 2016

Branco

Douro

MORGADO DE SILGUEIROS ENCRUZADO 2017

Branco

Dão

GUARDA RIOS 2017

Branco

Alentejo

PIMENTA PRETA 2017

Branco

Alentejo

Medalha de Bronze

 

 

Vinho

Cor / Tipo

Região

ADEGA DE PEGOES SELECTED HARVEST 2016

Branco

Península de Setúbal

VINHA DERVIDEIRA – COLHEITA SELECIONADA 2017

Branco

Alentejo

MINGORRA COLHEITA 2017

Branco

Alentejo

BUSTO 2016

Rosé

Douro

CABECA TOIRO GRANDE RESERVA 2012

Tinto

Tejo

BARCO NEGRO RESERVA 2013

Tinto

Douro

QUINTA DO MALHO 2013

Tinto

Douro

QUINTA BEIRA DOURO 2013

Tinto

Douro

GRAND`ARTE TOURIGA NACIONAL 2014

Tinto

Lisboa

QUINTA DAS CORRICAS – GRANDE RESERVA 2014

Tinto

Trás-os-Montes

 

O poema “Não sei quantas almas tenho”, do genial poeta Português Fernando Pessoa

Não sei quantas almas tenho.

Cada momento mudei.

Continuamente me estranho.

Nunca me vi nem acabei.

De tanto ser, só tenho alma.

Quem tem alma não tem calma.

Quem vê é só o que vê,

Quem sente não é quem é,

 

Atento ao que sou e vejo,

Torno-me eles e não eu.

Cada meu sonho ou desejo

É do que nasce e não meu.

Sou minha própria paisagem;

Assisto à minha passagem,

Diverso, móbil e só,

Não sei sentir-me onde estou.

 

Por isso, alheio, vou lendo

Como páginas, meu ser.

O que segue não prevendo,

O que passou a esquecer.

Noto à margem do que li

O que julguei que senti.

Releio e digo: “Fui eu?”

Deus sabe, porque o escreveu.

Deixe seu comentário

Leia Também

iptu - dezembro

+ mais galeriasGalerias de Fotos