EsportesUCDB “acabará” com bolsas, diz alunaA universidade teria informado aos 140 bolsistas que o encerramento das modalidades esportivas vai ocorrer em 6 meses
Da redaçãoquinta, 29 de novembro de 2018 - 12:53

Nesta semana comentários e até reunião acerca do encerramento da Bolsa Atleta, oferecida pela  Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), aos alunos que praticam esportes e disputam jogos a nível nacional foi o assunto entre os universitários. O fim das modalidades esportivas teria sido repassado aos atletas gerando revolta entre os alunos. Uma manifestação está marcada para acontecer na sexta-feira (30), às 18h30 no campus.

A aluna Karen Renate Pinheiro Muller, 31 anos, joga basquete no time feminino e disse ao JD1 notícias que os atletas bolsistas que  estudam e competem pela instituição, foram convocados essa semana para uma reunião onde foram informados sobre a demissão de praticamente todos os técnicos e sobre a suspensão da bolsa de estudos.

Ela contou que a retirada do incentivo ao esporte está sendo feita desde o ano passado, quando o time de vôlei masculino foi extinto. "Eles demitiram o técnico, os alunos perderam as bolsas e muitos que eram do interior trancaram os cursos e tiveram que voltar ás suas cidades, poucos conseguiram transferir e pagar a faculdade para terminar o curso” explicou.

Karen que entrou para o time de basquete em 2002 quando ainda não frequentava a graduação no local, passou a estudar em 2005 se formou em direito e agora está em fase final do curso de educação física. A jogadora informou que são aproximadamente 140 alunos que recebem o benefício do bolsa atleta. “Eles mandaram o técnico embora, e só chamara a gente na pró-reitoria na quarta-feira (28), devido às manifestações dos alunos”, disse a atleta que também informou que o critério da bolsa era bom rendimento na modalidade esportiva e não na modalidade escolar.

A estudante afirma que depois de muita conversa e proposta feita pelos alunos de serem avaliados também no quesito escolar de frequência e notas, a UCDB, decidiu deixar com que eles cursassem mais um semestre.

Karen disse que somente o time de vôlei e futsal feminino não foram descartados por enquanto. Para ela, a Universidade está visando cortar gastos, e não está pensando na política de incentivo ao esporte. “Eles vão inaugurar um shopping dentro da faculdade, agora me diz o que é mais importante, isso ou o incentivo ao esporte?”, questionou.

A UCDB se transformou em referência no estado em diversas modalidades esportivas. São praticamente 20 anos, em participação nas principais competições universitárias do Brasil. As modalidades como voleibol, basquete, handebol, futsal e individuais, renderam muitos troféus nas galerias da instituição. Além disso, a instituição ajudou na formação de centenas de alunos em duas décadas por meio do auxílio da bolsa.

O momento é de revolta entre os alunos que correm o risco de trancar o curso, após perderem a bolsa. Eles vão fazer uma manifestação no campus, pois, querem uma garantia de que poderão terminar a graduação iniciada na Universidade.

Karen explicou que os alunos propuseram que a instituição deixe todos os bolsistas terminarem o curso, com a garantia também de que eles buscariam patrocínio externo (o que sempre foi proibido) para auxiliar nos custos. Eles ainda não obtiveram resposta segundo ela.

A manifestação dos atletas está prevista para ocorrer na sexta-feira, dia 30 de novembro ás 18h30 no campus da Universidade.

O outro lado

Em contato com um funcionário, que não quis se identificar, foi dito que a instituição quer apenas que os alunos tenham rendimento escolar, pois, muitos “só queriam jogar” e deixavam de frequentar as aulas.

Em nota, o reitor da universidade, padre Ricardo Carlos, afirmou que todo final de ano, são feitas avaliações em todas as áreas resultando em determinadas readequações e que “nenhum merecedor do benefício será prejudicado com as readequações”. O padre informa ainda que, por ano são investidos R$ 3 milhões com o benefício e que a universidade seguirá participando das principais competições esportivas no futsal masculino e feminino, no vôlei feminino e nas modalidades individuais de judô, atletismo e natação.

Deixe seu comentário

Leia Também

iptu - dezembro