Geral2º Encontro de cães da raça border collie acontece neste domingo na 80ª Expogrande
Da redação com assessoriadomingo, 15 de abril de 2018 - 13:54
2º Encontro de cães da raça border collie acontece neste domingo na 80ª Expogrande

Uma das últimas atrações da 80ª Expogrande é o 2º Encontro dos Criadores de Border Collie, que acontece neste domingo (15), às 15h30, na Pista de Bovinos no Parque de Exposições Laucídio Coelho. A entrada é um kilo de alimento não perecível que será destinado para o asilo São João Bosco.

O encontro é uma realização do Projeto Cão Pastor em parceria com a RB Produtos Agropecuários. Segundo os organizadores, o objetivo é atrair criadores, amantes e curiosos sobre o Border Collie com a finalidade de demonstrar suas habilidades, discutir sobre seus temperamentos e formas de como lhe dar com sua índole hiperativa.
 
Além disso, haverá brindes, sorteio de prêmios, demonstração de pastoreio de ovelhas e agility (esporte praticado por duplas compostas de um cão e seu condutor).
 
História

A raça border collie foi desenvolvida para reunir e controlar ovelhas na fronteira de paises montanhosos, entre a Escócia e a Inglaterra. Ele é conhecido por seu intenso olhar, com o qual ele controla seu rebanho. Ele é um cão com energia ilimitada, resistência e força de trabalho, o que faz dele um cão de pastoreio de primeira linha; ele ainda é usado hoje para rebanho de ovelhas em fazendas e ranchos ao redor do mundo. O altamente treinável e inteligente Border Collie também se destaca em vários esportes caninos, incluindo competições de obediência, flyball, agility, freestyle e frisbie.
 
Segundo o coordenador do projeto e professor do curso de Medicina Veterinária da universidade, Marcelo Monteiro, por ser um cão muito versátil eles devem ser tratados com cuidados específicos, para isso o proprietário deve antes de adquirir o animal estudar sobre a raça, pois suas características fazem com que sejam requeridos exercícios regulares, cuidados básicos de higiene e principalmente educação. 
 
"Estes cães possuem uma exímia qualidade de aprender muito facilmente, porém não apenas os comandos de “senta”, “deita” entre outros, mas também como abrir portas, como gastar sua energia principalmente, o que faz com que uma parcela de seus donos, que desconhecem sobre estes fatores, queria se desfazer de seus cães por ter experiências ruins com os mesmos", explica.

Deixe seu comentário

Leia Também

SESC