GeralAcusado de matar esposa, paciente com câncer é interrogado na Santa Casa
Da redação com assessoriaQuinta, 7 de Dezembro de 2017 - 14:47
Acusado de matar esposa, paciente com câncer é interrogado na Santa Casa

Elias Dias Campos Neto foi interrogado na tarde da última terça-feira (5) na Santa Casa de Campo Grande onde está internado há 75 dias para tratamento de um câncer.

Ele é acusado de ter assassinado sua companheira em 2007 e ter escondido o corpo em no sofá da própria casa, segundo ele, o motivo de ter escondido é para que seus filhos não vissem o cadáver.

Na época, o autor fugiu para o Paraguai onde ficou foragido até agosto deste ano, quando foi preso pela polícia na fronteira.

Durante seu interrogatório, João sustentou que teria aplicado uma chave de braço, na esposa o que culminou na morte. Ele contou ainda que no momento da discussão a vítima teria cuspido em seu rosto e confessado que o réu não era o verdadeiro pai da criança.

O acusado afirmou que, ao longo do período em que ficou foragido, trabalhava em uma fazenda no interior do Paraguai. Ele chegou a formar nova família no país vizinho e é pai de uma menina.

A audiência inédita foi a solução encontrada pelo juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Aluízio Pereira dos Santos, que decidiu garantir a celeridade processual e evitar que o processo ficasse paralisado por conta da doença.

Deixe seu comentário

Leia Também

Jota e amigos