GeralArmado, sargento da PM é acusado de ameaçar casal no Tarumã
Da redaçãoterça, 13 de março de 2018 - 17:57
Armado, sargento da PM é acusado de ameaçar casal no Tarumã

O sargento da Polícia Militar, Ivan Carlos de Freitas, 46 anos, foi acusado de ameaçar, na tarde desta terça-feira (13), o casal Daniele Lorraine Iralla Cena, 27 anos, e Giancarlo Nantes Correa, 31 anos, com uma arma de uso da Polícia, no Jardim Tarumã.

De acordo com o registro policial, o sargento estava acompanhado de dois homens identificados como sendo, Ranulfo Sousa de Oliveira, 61 anos, e Renato Sousa de Oliveira, 58 anos, que, com agressividade, pediam para o casal deixar a residência.

A irmã de Giancarlo, Claudia Nantes Correia, disse aos policiais que os três invadiram a casa da vítima e ameaçaram seu irmão e também a sua cunhada.

Durante a confusão, Renato teria ameaçado Giancarlo com uma foice, dizendo que o tiraria do local a força e deu um soco na boca de Daniele, causando ferimento visível.

Logo após a agressão física e verbal de Renato e Ranulfo, Ivan sacou uma arma e ameaçou o casal dizendo que teriam que sair de um jeito ou de outro até o final do dia.

Uma equipe da PM esteve no local e todos os envolvidos foram encaminhados para a 6ª Delegacia de Polícia de Campo Grande pra prestar esclarecimentos. A arma de fogo usada pelo sargento foi recolhida e a foice citada pelas vítimas não foi encontrada no local.

Em resposta ao JD1 Notícias, a Polícia Militar confirmou a ocorrência envolvendo o policial citado e reforçou que ele estava fora de serviço. As apurações serão feiras pela Polícia Civil e a PM deve instaurar procedimento administrativo e, somente ao final das apurações, será relatado se houve ou não responsabilidade penal ou administrativa do militar envolvido. 

Deixe seu comentário

Leia Também

iptu - dezembro