GeralAtirador que tumultuou boate agiu por ciúmesEle disparou tiros contra um segurança e confrontou a polícia
Redação com informações do JP Newsquarta, 16 de maio de 2018 - 09:11

A Polícia Militar informou que o homem que disparou tiros contra um segurança em um boate no último domingo (13) agiu por ciúmes. O caso ocorreu na cidade de Três Lagoas.

De acordo com o major Ênio de Souza Soares, o pizzaiolo Aleandro de Souza Dias, de 25 anos, teria ficado enciumado com as atitudes da namorada e começou uma discussão. Ao ser advertido por um segurança local, teria ido ao estacionamento pegar uma arma. Ainda segundo o major, Dias atirou quatro vezes contra o segurança, que se escondeu atrás de uma parede. Ao perceber a chegada da PM, Aleandro saiu da boate e foi amparado pela companheira. Ele teria recebido ordem para jogar a arma, mas não obedeceu.

“Começamos uma negociação para que ele se entregasse, mas houve resistência. A companheira ficou do lado esquerdo dele. Assim que o policial percebeu o melhor momento de desarmar o atirador, fez um disparo em seu braço direito, o imobilizando e realizou a prisão”, disse o major.

Segundo o site JP news, Aleandro possui diversas passagens pela polícia. São ao menos 28 ocorrências, entre elas, duas tentativas de homicídio (contando com a de domingo), furto, ameaça, perturbação de sossego, injúria, furto qualificado, vias de fato, desordem, dano entre outras. Outro crime apontado pelo major é o de postagens em redes sociais, atacando policiais militares e os trabalhos da instituição. “Além de falsa comunicação de tortura policial, com postagens de filmagens das abordagens da PM, tentando denegrir a imagem da corporação”.

O autor dos disparos teve ferimentos leves e não precisou ficar internado e após ser conduzido a Delegacia de Polícia, foi levado para a penitenciária de Três lagoas.

 

 

Deixe seu comentário

Leia Também

SESC