GeralDesembargador Contar toma posse como novo corregedor-geral de Justiça
Da redação com TJMSquinta, 12 de julho de 2018 - 14:27

Na manhã desta quinta-feira (12), o desembargador Carlos Eduardo Contar foi empossado no cargo de corregedor-geral de Justiça, pelo Desembargador Divoncir Schreiner Maran, presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS). Contar havia sido eleito ao cargo por aclamação do órgão especial na quarta-feira (11).

Em sua fala, o desembargador Divoncir reconheceu que a posse do novo corregedor se deu em circunstâncias tristes e lamentáveis, pelo falecimento do desembargador Romero Osme Dias Lopes, contudo, desejou ao novo integrante da administração do TJMS uma ótima gestão.

 “O Desembargador Contar sempre teve uma preocupação muito grande com o Judiciário. É zeloso, trabalhador, organizado, enfim, tem todos os predicados para gerir bem a nossa corregedoria. A Corregedoria-Geral de Justiça é rigorosa na administração e no funcionamento do Poder Judiciário como um todo, orientando, capacitando e punindo quando necessário. De minha parte desejo muito sucesso e estarei sempre à disposição”, afirmou o presidente do TJMS.

O novo corregedor-Geral de Justiça lembrou que seu tempo de gestão na corregedoria é curto, mas terá o apoio da presidência e confessou que não se intimidará em solicitar essa colaboração. “O presidente já havia conversado comigo a respeito dessa união entre os órgãos, já que a corregedoria não é um órgão a parte: é um conjunto, um elemento e não funciona independentemente. Somos parceiros e espero ter essa via de mão dupla não só com a presidência, mas com todo o tribunal”.

Estivaram presentes na cerimônia o desembargador Julizar Barbosa Trindade, vice-presidente do TJMS, o desembargador Vilson Bertelli, corregedor-geral de Justiça Adjunto, os juízes auxiliares da Presidência Luiz Antonio Cavassa de Almeida e Flávio Saad Peron, os juízes auxiliares da vice-presidência Albino Coimbra Neto e Simone Nakamatsu, o ouvidor judiciário desembargador Marcos José de Brito Rodrigues, e o diretor-geral, Marceli Vendas Righetti.

Deixe seu comentário

Leia Também

SESC