GeralDois irmãos são assassinados depois de briga em lanchoneteOs dois acusados do assassinato já estão sob custódia da Polícia Militar
Da redação com Diário Corumbaensesegunda, 12 de março de 2018 - 08:51

Na madrugada de domingo (11) de março, dois irmãos foram mortos durante confronto com outros dois indivíduos, depois de desentendimento ocorrido em uma saltenharia em Corumbá.

De acordo com o diário Corumbaense as vítimas são Wilson Ribeiro (49) e Johnny Ribeiro Salas (46), e os responsáveis pelo assassinato formam identificados como Paulo Rogério da Silva (31) e João Pedro Mercado (24), que também seriam irmãos. 

A discussão teria começado por volta das 04h em frente a escola municipal Cássio Leite de Barros. A briga teria acontecido depois em uma lanchonete de localizada na rua Vinte e Um de Setembro, de propriedade da família de Wilson e Johnny.

Segundo a Polícia Militar, houve uma discussão entre os envolvidos. Paulo Rogério teria ido até sua casa e retornado armado de revólver. Uma nova discussão se iniciou, Paulo teria sacado a arma, fez ameaças e depois foi embora em companhia de João Pedro. No entanto, Wilson e Johnny, também armados, seguiram a dupla em um carro, um Ônix branco, até onde ocorreu o confronto. Com uma faca, Wilson teria desferido golpes em Paulo Rogério, mas João Pedro tomou a faca dele e também o golpeou várias vezes.
Johnny, ainda de dentro do carro, teria feito disparos contra João Pedro, atingindo-o no braço e na barriga.

Em seguida, Paulo Rogério trocou tiros com Johnny e ambos foram baleados. João Pedro teria então, tirado Johnny do carro, deferido vários chutes nele e o atropelou com o próprio Ônix.A Polícia Militar, a Guarda Municipal, o Samu e o Corpo de Bombeiros foram acionados, mas quando chegaram ao local, os irmãos Wilson e Johnny já estavam mortos. Depois da perícia da Polícia Civil, os corpos foram levados para o IMOL (Instituto Médico Odontológico Legal).

Após o confronto, Paulo Rogério e João Pedro, guardaram as armas em uma casa e foram até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da parte alta, buscar atendimento médico. Paulo Rogério foi levado para a Santa Casa de Corumbá devido à gravidade dos ferimentos e está sob custódia da PM, enquanto João Pedro, após ser medicado, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

Há informação de que uma das armas apreendidas, a que estava com Paulo Rogério, de calibre 38, consta como “objeto de roubo majorado pelo concurso de pessoas” em Campo Grande.

Deixe seu comentário

Leia Também

Sebrae junho-18