TJ outubro-18 - interna
GeralDurante assalto, família é feita refém e bandidos levam R$ 117 milO trio foi preso após ser flagrado fugindo em alta velocidade
Da redaçãoquinta, 12 de julho de 2018 - 15:28
Durante assalto, família é feita refém e bandidos levam R$ 117 mil

Leonardo Cardoso Ortelhado, 21 anos, Ronaldo da Silva Ferreira Junior, 24 anos e José Henrique Rosa dos Santos, 20 anos, foram presos na madrugada desta quinta-feira (12), após fazer uma família refém e roubar R$ 117 mil, dois celulares e um notebook, no bairro Universitário.  

O trio invadiu a residência da família e amarrou a mulher e os dois filhos, um de 11 anos e outro de 8 anos, em um quarto. O pai foi amarrado e, com ameaças e golpes, foi forçado por Leonardo a informar onde estaria a quantia em dinheiro e objetos de valor, dentro da casa.

Após o fato, o trio fugiu em alta velocidade com a caminhonete da família. Na avenida Guri Marques, uma equipe do batalhão de choque da polícia militar fazia o patrulhamento e, ao avistar a caminhonete em alta velocidade, os militares começaram a seguir os bandidos.

A perseguição ocorreu nos bairros da região do Universitário. O condutor da caminhonete só parou quando se deparou com um cerco da polícia, foi quando perdeu o controle do veículo e colidiu de frente com um poste.

Leonardo era quem dirigia a caminhonete roubada e tinha um mandado de prisão em aberto. José e Ronaldo estavam no banco traseiro, os dois estavam evadidos da Casa do Albergado de Campo Grande, (Albergue).

Durante a abordagem, o celular de Leonardo começou a tocar. Na ligação, o contato estava salvo com o nome de Yago Henrique. Leonardo confessou que Yago foi quem passou as informações para o trio. De acordo com a assessoria do batalhão Yago se encontra recluso no Presídio Penal.

O trio foi encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (DEPAC) Piratininga.

Deixe seu comentário

Leia Também

SESC