GeralHistory Channel grava documentário na Santa CasaEstudante de 19 anos criou o projeto que é tema do episodio gravado
Da redação com Assessoriaterça, 13 de março de 2018 - 13:28
History Channel grava documentário na Santa Casa

A Santa Casa de Campo Grande foi set de filmagem para a gravação do documentário “A Cara do Futuro” que será exibido no canal History Channel. A série leva para o mundo a realidade tecnológica do Brasil, apresentando casos de jovens cientistas que, de alguma maneira, contribuem para o avanço científico no País.

O episódio foi gravado na Santa Casa por causa do pesquisador Luiz Fernando Borges (19), estudante do Instituto Federal do Mato Grosso do Sul, um dos brasileiros premiados na Intel ISEF- Feira Internacional de Ciência e Engenharia. Luiz trabalhará no hospital testando um equipamento de comunicação com pessoas em coma e, por isto, gravou para o documentário no ambiente em que, provavelmente, desenvolverá sua pesquisa.

A pesquisa

O relato de pessoas que retornam de condições comatosas sobre seu estado de consciência durante o coma desperta nos cientistas o desejo de criar interfaces que permitam a interação com os mesmos. Há relatos de pessoas que, ao retornarem ao estado de consciência, descrevem com minúcias as ocorrências do período.

O entendimento para a realização dos testes já está realizado pela diretoria do hospital e a equipe do pesquisador e aguarda-se que cheguem alguns componentes importados para seu equipamento para que se inicie. A expectativa é grande por parte de neurocientistas e de médicos, pois o sucesso da pesquisa contribuirá em muito para o tratamento de pacientes com problemas neurológicos.

 “A vantagem de ter um aparelho portátil, que possa ser levado até o leito, e capaz de trazer a comunicação do paciente comatoso é algo maravilhoso. Imagine que bom saber se o paciente está sentindo dor, por exemplo, para que se possa adequar a medicação”, explica o médico neurologista da Santa Casa, Dr. Lucas Moura, que também foi entrevistado para o documentário.

“A Cara do Futuro”

A equipe que veio gravar é composta por diversas pessoas entre diretor, diretor de fotografia, produtor e dois operadores câmeras, além de pessoal de apoio. O diretor e criador da série “A Cara do Futuro”, Diego Lara Maceiras, é brasileiro e mora atualmente no Canadá, mas vem ao Brasil com frequência para dirigir e acompanhar a produção do documentário que é feito em série.

Deixe seu comentário

Leia Também

iptu - dezembro