GeralMenino de 10 anos morto e deixado em telhado resistiu a estuproUm adolescente, de 17 anos, foi detido suspeito de assassinar o menino
Da redaçãoquarta, 14 de março de 2018 - 09:59

O menino Vitor Figueiredo Rodrigues Peixin, de 10 anos, assassinado e encontrado em um telhado em Nova Andradina, cidade a 297 km de Campo Grande, resistiu a um estupro antes de morrer. 

De acordo com o delegado regional, André Luiz Novelli Lopes, o adolescente de 17 anos, detido na terça-feira (13), confessou ter cometido o crime após a polícia conseguir resgatar um conversa que ele teve com a mãe. Segundo o delegado, o adolescente relatou que na madrugada de sábado para domingo voltava de uma festa no Distrito Industrial quando avistou a criança, que estaria indo para a casa da avó.

O adolescente teria atraído Vitor para sua casa com a promessa de lhe presentear com um tênis. Na residência, que estava fazia pois os pais do adolescente se encontravam no Distrito de Casa Verde, o autor tentou estuprar Vitor, que resistiu e começou a gritar e chorar. O delegado explica que para que o menino parasse de fazer barulho o adolescente acabou asfixiando e matando ele.

Par se livrar do corpo, o adolescente então resolveu colocá-lo no telhado de uma residência, que fica a poucos metros de onde Vitor morava.

Ainda segundo o delegado, o adolescente será encaminhado para a Unei (Unidade Educacional de Internação) de Dourados. 

Crime 

O corpo de Vitor Figueiredo Peixin, de 10 anos, que estava desaparecido deste a manhã do último domingo (11), foi encontrado na manhã desta terça-feira (13) sobre o telhado de uma residência próxima à casa da vítima. 

O corpo de Vitor estava perto de uma antena parabólica existente no telhado de um imóvel e acabou sendo localizado por populares devido ao mal cheiro. 

Uma moradora do bairro teria sentido um odor forte vindo do telhado e pedido a um adolescente de 15 anos que verificasse do que se tratava. O rapaz subiu no local e acabou encontrado o corpo do garoto, que já estava em estado de decomposição. 

Deixe seu comentário

Leia Também