TJ outubro-18 - interna
GeralOperação contra fraudes de energia é realizada na capitalSomente a energia furtada em Campo Grande daria para abastecer por um mês a cidade de Corumbá
Da redaçãosexta, 9 de novembro de 2018 - 14:19

Na manhã desta sexta-feira (9), a Energisa, concessionária responsável pelo serviço de energia elétrica em Mato Grosso do Sul, realizou uma operação de combate ao furto de energia, no bairro Carandá Bosque, um das regiões mais nobres de Campo Grande.

Pelo menos duas pessoas foram presas em flagrante, por estarem cometendo fraude em medidores. A operação ocorreu em parceria como a 3ª DP (Delegacia de Polícia) do bairro.

O número pode ser maior ainda, já que vai ocorrer até o final do dia, e em vários pontos da cidade. Só no período da manhã, duas mansões foram fiscalizadas, um escritório de advocacia e uma empresa de comunicação.

A Energisa afirma que anualmente sejam realizadas, somente em Mato Grosso do Sul, cerca de 24 mil autuações por furto de energia ou fraude em medidores, o que é considerado crime e pode render prisão em flagrante.

Somente a energia furtada em Campo Grande daria para abastecer por um mês a cidade de Corumbá, que tem cerca de 110 mil habitantes. Em todo MS, o prejuízo é estimado em cerca de R$ 150 milhões.

 

Deixe seu comentário

Leia Também

SESC