GeralOrganizadores de cordão reclamam da burocracia para colocar bloco na ruaCordão da Valu levou 50 mil foliões para as ruas da Capital
Da redação com assessoriaquarta, 14 de fevereiro de 2018 - 16:29
Organizadores de cordão reclamam da burocracia para colocar bloco na rua

Apesar do sucesso do Cordão da Valu que, neste ano, levou cerca de 50 mil pessoas às ruas de Campo Grande, os organizadores relatam a dificuldade de colocar o bloco na rua.

Os coordenadores Silvana Valu e Jeferson Contar esperam que o Poder Público veja os carnavais de rua independentes com outro olhar. “É uma maratona para apresentar documentos, pedidos de alvarás, mas fizemos a nossa parte, cumprimos tudo”, explicou Silvana, ao queixar-se de que a relação com as autoridades, ainda tem sido um problema.

O Cordão Valu, no Carnaval deste ano, levou cerca de 50 mil foliões, segundo a Polícia Militar, nas duas apresentações do Cordão. Esse feito expressivo aumenta a responsabilidade dos coordenadores que, em cima desse crescimento, que acontece ano a ano, têm procurado melhorar a infraestrutura do grupo para receber os foliões. Nesse ano, houve a preocupação de fortalecer a questão da segurança.

Para 2019, uma das metas, de acordo com a coordenação, é ampliar o sistema de som, pois em algumas áreas da Esplanada Ferroviária, o público não conseguia ouvir os cantores e músicos, embora o Cordão tenha aumentado para quatro, o número de torres de som, nos eventos desse ano.

Nos próximos dias, o Cordão Valu e os demais blocos independentes, vão se reunir para uma avaliação sobre o Carnaval 2018, e a relação com o Poder Público.

Deixe seu comentário

Leia Também

SESC