TJ outubro-18 - interna
GeralSete são presos em operação contra pedofilia no MSApenas um mandato não foi cumprido em Campo Grande
Da redaçãoquinta, 17 de maio de 2018 - 17:58
Sete são presos em operação contra pedofilia no MS

A Polícia Civil cumpriu, na manhã desta quinta-feira (17), oito mandatos de prisão em Mato Grosso do Sul, sendo cinco em Campo Grande, durante a segunda fase da Operação Luz na Infância.

Na Capital, um policial civil de 36 anos, um técnico em eletrotécnica de 27 anos, um músico de 23 anos e outra pessoa que não foi encontrada, a família alegou que o acusado trabalha no interior do Estado, por isso não estava na residência. Todos foram autuados por compartilhar ou armazenar materiais contendo cenas de sexo com crianças e adolescentes.

Um homem de 32 anos que se autointitulou “playboy”, também foi preso na Capital, mas pagou fiança de 3,8 mil, e foi solto. Ele foi autuado por porte ilegal de arma de fogo.

No interior do estado, um pintor 49 anos foi detido na cidade de Dourados. Em Glória de Dourados, a polícia prendeu um arquiteto de 33 anos e, em Naviraí, um auxiliar de serviços gerais de 33 anos. Eles também foram autuados pelos crimes de compartilhamento ou armazenamento.

Em todos os casos houve apreensão de materiais como notebooks, HDs, Pen Drives e aparelhos celulares.


(Produtos apreendidos em Campo Grande)

De acordo com a delegada Marília de Brito Martins, titular da DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), a operação teve 90% de aproveitamento em  Mato Grosso do Sul, já que apenas um dos mandatos não foi cumprido. 

O material apreendido vai para perícia e a polícia aguarda a conclusão para instaurar inquérito. A operação envolveu 53 policiais.

Deixe seu comentário

Leia Também

SESC