Entrevista"Todo apoio a Bolsonaro é bem-vindo", afirma Coronel DavidEm entrevista, o candidato falou sobre as propostas que pretende levar para a Assembleia
Da redaçãoterça, 25 de setembro de 2018 - 14:52

Único candidato do PSL, partido de Jair Bolsonaro, que aparece na faixa dos eleitos no estado, o candidato a deputado estadual, Coronel David, visitou agora a pouco a sede do JD1 Noticias. David ressaltou que “Bolsonaro agradece aos apoios e que todos são bem-vindos”. Indagado sobre manifestações de hostilidade a candidatos de outros partidos que tem declarado apoio a Bolsonaro, David foi curto, mas incisivo, “precisamos do apoio de todos”.

Ex-comandante geral da PM, ele afirma que o “governador Reinaldo fez muito pela segurança, investimentos em equipamentos e estrutura física foram muitos”, mas que a partir de agora é necessário valorizar mais o policial. “Temos que pagar um salário melhor para o profissional de segurança pública”, analisou ao afirmar que, se eleito, vai cobrar um posicionamento do próximo governador.

Ele ressaltou que pretende contribuir para melhorar a segurança de maneira efetiva. O candidato ocupou uma das cadeiras da Assembleia Legislativa por um ano e meio e ressaltou que é de sua autoria, a lei que cria o cadastro de pedófilos no estado. “Um parlamentar pode melhorar a segurança da sociedade com as leis que fizer no parlamento estadual”, disse.

Sobre a segurança na fronteira, o candidato falou sobre a omissão do Governo Federal em não investir na fronteira que Mato Grosso do Sul tem com os dois países produtores de drogas, Paraguai e Bolívia. “Precisamos de uma política que seja realmente eficiente no controle das nossas fronteiras e que traga segurança, impedindo a entrada de drogas, armas que trazem prejuízos na área de segurança pública”, disse o candidato que também avaliou que a falta de investimento na fronteira traz, também, prejuízo na perda de receita tributária, com o contrabando.

Apoiador de Bolsonaro desde o início do projeto do presidenciável, Coronel David, aparece no levantamento feito pelo Instituto Ipems, do último dia 21 de setembro, com 0,68% das intenções de votos.

*Número do registro da pesquisa no TRE: MS 07532/2018.

 

Deixe seu comentário

Leia Também

iptu - dezembro