Prefeitura - cidade em ação - dentro
PolíciaApós ameaçar esposa jovem é preso e tenta suicidoEmbriagado, o homem simulou assalto na própria residência e chamou a polícia
Da redaçãoquinta, 9 de agosto de 2018 - 16:59

Raylan Abrão Roecker Schrott, 26 anos, após ser preso por ameaçar a esposa, Maria Veranice Gomes, 32 anos, tentou se suicidar. O caso aconteceu na última quarta-feira (8), no bairro Parque São Carlos, localizado no município de Três Lagoas. O autor que estava embriagado, simulou um assalto em sua residência e ainda acionou uma equipe da Polícia Militar (PM), que realizava um patrulhamento na região.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais militares estavam realizando patrulhamento pelo bairro, quando o autor se aproximou dizendo que sua casa havia sido roubada. 

Conforme o registro, os militares foram até a residência e constaram que o local estava todo revirado e com alguns móveis danificados. Raylan então disse aos policiais que o ladrão teria levado sua televisão, notebook e outros pertences pessoais. Ele alegou ainda, que o suspeito desferiu um golpe de faca em seu cachorro, que estava machucado.

Os policiais realizaram buscas pelo quintal da casa, quando, repentinamente, o jovem correu do local gritando que estaria vendo o suspeito de ter cometido o roubo. Os policiais foram atrás de Raylan e o encontraram caído ao chão, dizendo que havia sido atingido por uma paulada na cabeça. 

Segundo o registro, o rapaz então apontou o local para onde o suposto ladrão teria corrido. Contudo, os policiais passaram a desconfiar da atitude de Raylan. Logo depois, na mesma direção que o autor indicou, surgiu Maria Veranice aos prantos.  

Ao avistar a esposa, o autor partiu para cima da mulher acusando-a de ter roubado seus pertences. Nesse momento, os policiais tiveram a certeza que Raylan estava mentindo e passaram a questionar a vítima. 

Maria Veranice contou que havia saído de casa na noite da última quarta-feira, ao avistar o marido se aproximar da residência, embriagado. Conforme o registro, a mulher sabia que o esposo ficaria agressivo, por isso decidiu sair do local e ficar na Praça Lagoa Maior, até se sentir segura. 

A mulher relatou ainda que o marido a agride e que só voltou para a casa ao avistar a viatura. Segundo a ocorrência, na frente dos militares, o autor passou a fazer ameaças à esposa, dizendo que Maria Veranice não iria ter paz, mesmo o denunciando. 

O jovem foi algemado e colocado na viatura. Durante o trajeto até a delegacia da cidade, o autor confessou ter quebrado todos os móveis de sua casa, pois, estava nervoso com a vítima. Ainda dentro da viatura, Raylan tirou o cordão da camisa que usava e amarrou no seu pescoço, tentando tirar a própria vida. O caso foi registrado como ameaça e violência doméstica.

Deixe seu comentário

Leia Também

SESC