TJ outubro-18 - interna
PolíciaFamília do crime é presa com produção de haxixeO laboratório para o preparo era localizada no condomínio bairro Terra Morena
Da redaçãoquinta, 8 de novembro de 2018 - 11:34

Pai, mãe e filhos foram presos na manhã desta quinta-feira (8), acusados de tráfico de drogas no residencial Terra Morena, na região do Jardim Los Angeles, em Campo Grande. Um laboratório de refino para produção e despacho de haxixe e skunk foi encontrado, além de produtos utilizados para o tráfico e 110 quilos do entorpecente.

Em trabalho conjunto, a Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar), o Departamento de Repressão a Entorpecentes (DRE) e a Polícia Federal, conseguiram prender e localizar os suspeitos, todos da mesma família: o líder Roberto de Souza Valiente, de 42 anos, a esposa Solange Neres de Araújo Valiente, 42, e os filhos João Roberto Neres Valiente, 20, e Thalita Neres Valiente, de 23 anos, que vão responder por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

A principio foi descoberto que a família do crime utilizava um grupo oculto no Facebook  para negociar com pessoas de todo o país. A droga era distribuída em envelopes via correio.

Em coletiva de imprensa o delegado  Pablo Gabriel Farias da Silva, disse que na semana passada, a polícia recebeu denúncia de que uma pessoa estaria enviando drogas por uma transportadora. A equipe policial encontrou diversas embalagens com drogas e cobertas com café para disfarçar o cheiro.

Nas investigações os policiais acabaram flagrando Solange indo a transportadora onde efetuaram a prisão e logo, ela apontou o local onde a droga era preparada.

No imóvel foram encontrados petrechos para o preparo da droga, estufa 110 quilos de haxixe, maconha e skunk. 

O delegado esclareceu que as notas das postagens via correios eram feitas como se os produtos fossem celulares e eletrônicos diversos. 

A família atuava no tráfico há dois anos. O grupo deve passar pela audiência de custódia na sexta-feira (8).

Deixe seu comentário

Leia Também

SESC