PolíticaVídeo - Bolsonaro planeja usar DOF como modelo para ações de fronteiraEquipe tem presença efetiva em mais de 1.500 quilômetros de divisas com Paraguai e Bolívia
Da redação com assessoriasexta, 12 de outubro de 2018 - 17:03

O candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) planeja reproduzir o trabalho do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) de Mato Grosso do Sul nas divisas do Brasil com 10 países.

A polícia especializada de fronteira foi criada há 31 anos em Mato Grosso do Sul para combater crimes do narcotráfico nas divisas com o Paraguai e a Bolívia. Mais de 450 toneladas de drogas foram retiradas de circulação em três décadas de trabalho.

Em vídeo divulgado na internet, Bolsonaro afirma ter um plano de segurança para o país “baseado no DOF, da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, sediado na cidade de Dourados”. “Eles fazem um excelente trabalho na fronteira”, atesta o presidenciável.

Bolsonorado conheceu as estruturas do DOF em fevereiro deste ano. À época, o Departamento batia recordes de apreensões de cigarros, drogas e ilícitos. Só em 2017 foram apreendidas toneladas de maconha, cocaína, armas de fogo, munições, cigarros contrabandeados, agrotóxicos e pneus, além de veículos com registros de roubo e furto.

Atualmente, 51 cidades sul-mato-grossenses são monitoradas pelos policiais militares do DOF. A equipe tem presença efetiva em 730 quilômetros de fronteira seca, dos mais de 1.500 quilômetros de divisas com Paraguai e Bolívia.

O DOF atua nas rodovias estaduais no combate aos crimes e contravenções. Entre os mais recorrentes estão: tráfico de drogas, furto e roubo de veículos, cumprimento de mandados de prisão, contrabando e descaminho.

Deixe seu comentário

Leia Também

iptu - dezembro