Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS setembro21
Agronegócio

Marcelo Bertoni assume Famasul e ressalta "qualificação"

Posse aconteceu hoje de manhã, na sede da entidade

17 agosto 2021 - 16h50Mériele Oliveira, com informações da assessoria

Marcelo Bertoni assumiu na manhã desta terça-feira (17) a presidência do Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) para o triênio 2021-2024. A cerimônia de posse da nova diretoria foi realizada na sede da Casa Rural, em Campo Grande, e foi transmitida ao vivo pelo canal da Famasul no YouTube

Marcelo assume com o objetivo de melhorar a vida das pessoas que atuam no meio rural, bem como, contribuir para o desenvolvimento da agropecuária, com vistas ao fortalecimento institucional, promovendo a qualificação de mão de obra e sustentabilidade no campo.

“Suceder Mauricio Saito e estar à frente desta instituição é assumir o desafio de manter o nível de atuação e comprometimento das demandas do setor e continuar contribuindo para a agropecuária sul-mato-grossense. Com o empreendedorismo dos produtores rurais e as ferramentas tecnológicas garantiremos bons resultados com foco na qualidade de vida das pessoas que trabalham no campo. Para que a evolução do setor aconteça é importante que os esforços sejam conjuntos. O apoio de todas as entidades ligadas direta ou indiretamente com o agro, públicas e privadas, é fundamental para elevar o patamar competitivo do setor e conduzir a instituição com representatividade”, destacou o novo presidente.

O presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, ao discursar, evidenciou que a gestão da Famasul sempre foi referência pela dinâmica na gestão e reforçou que a parceria entre a instituição e a CNA permanecerá, sempre em busca de inovações e desenvolvimento de novos projetos no país. 

Já o governador Reinaldo Azambuja destacou a importância do fortalecimento do setor produtivo. “Conte com as construções, no trabalho de políticas públicas, segurança jurídica, nas decisões importantes para o setor produtivo do nosso estado. Assim como o agro avança, surgem os desafios. Da porteira para dentro a tecnologia, a inovação e as plataformas de desenvolvimento avançaram, e para manter nossa capacidade competitiva é preciso potencializar a infraestrutura e a logística, melhorar o fluxo de escoamento da produção por mecanismos como a rota bioceânica”, pontuou.

Marcelo Bertoni é produtor rural desde 1989, tendo sido um dos fundadores do Movimento Nacional dos Produtores (MNP Jovem) em 1994 e 1995, foi diretor-secretário da Associação dos Criadores do Vale do Aquidaban e Nabileque (Acrivan) entre os anos de 2008 e 2010. 

Entre os anos 2011 a 2016, foi diretor-presidente no Sindicato Rural de Bonito, e entre 2017 e 2019 foi vice-presidente, tendo sido delegado e representante efetivo como 1° secretário até este ano.

Durante o triênio 2018-2021 exerceu o papel de diretor-tesoureiro, com pautas ligadas à sustentabilidade; foi titular da Câmara Técnica de Conservação de Solo e Água; da Comissao Nacional de Meio Ambiente; do Comitê Estadual do Conselho Nacional da Reserva da Biosfera do Pantanal; do Conselho Estadual de Controle Ambiental (CECA) e da Frente Parlamentar de Unidade de Conservação. 

Atualmente compõe o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Miranda (CBH-Miranda); o Conselho Consultivo do Parque Nacional da Serra da Bodoquena (CCPNSB), e o Conselho Municipal de Meio Ambiente de Bonito (CONDEMA).

Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agronegócio
Ciência deve ser acessível a todos os países, diz ministra Tereza Cristina
Política
Vídeo: Tereza Cristina destaca inovação e tecnologia do agro brasileiro na Itália
Agronegócio
Em 11 anos, agro de MS injetou R$ 12 bilhões em áreas agrícolas
Agronegócio
Casos atípicos de "vaca louca" podem impactar exportações de carne do MS
Agronegócio
Tereza Cristina é a nova presidente da Junta Interamericana de Agricultura
Agronegócio
Nero no Cerrado: arrendatário é multado em R$ 97 mil por incêndio em pastagem
Agronegócio
Governo de MS consolida normas para segurança de Barragens no estado
Agronegócio
Feira Segura do Senar gerou mais de R$ 40 mil para produtores rurais
Agronegócio
Agricultura familiar terá auxílio
Agronegócio
Senar/MS forma 2ª turma do Curso Técnico em Agropecuária

Mais Lidas

Cidade
Incêndio atinge margens do rio Paraguai em Corumbá
Clima
Tempestade faz temperatura despencar 15 graus e destelha apartamento em Campo Grande
Polícia
Mulher é agredida e esfaqueia pênis de marido
Polícia
Homem é assassinado a tiros por dívida de R$ 100,00