Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Agronegócio

Produção de cana em MS atinge 45 milhões de toneladas

Produção de cana-de-açúcar deve chegar a 48,7 milhões de toneladas; volume de etanol já supera safra passada em 12%

22 dezembro 2018 - 07h15Da redação com assessoria

A moagem de cana-de-açúcar atingiu 45 milhões de toneladas em Mato Grosso do Sul até 15 de dezembro. O volume é 5% maior comparado ao mesmo período de 2017. Outro marco da safra atual é recorde na produção de etanol que alcançou 3 bilhões de litros, volume 12% maior comparado à produção total na safra passada.

De acordo com o presidente da Biosul, Roberto Hollanda Filho, com o menor volume de chuvas nas duas últimas quinzenas foi possível recuperar o ritmo de produção e atingir as marcas. “O clima é um fator determinante para a safra em Mato Grosso do Sul e ao longo deste ano tivemos uma estiagem que permitiu as usinas acelerarem a moagem e, a partir de agosto, tivemos um período intenso de chuvas, o que reduziu o ritmo. Ainda assim conseguimos manter a média de produção igual a safra passada”, afirma.

Outro reflexo positivo na produção é a quantidade de concentração de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR). Até o momento, o registro foi de 134,45 kg por tonelada de cana no período acumulado, 3% acima do registro na safra passada. 

Com relação à produção voltada para etanol, Hollanda destaca o perfil desta safra, “como uma característica que se acentuou devido as cotações baixas do açúcar no mercado internacional e ao aumento do consumo do biocombustível no país”. No mix de produção, 84% da cana-de-açúcar processada é destinada para produção de etanol.

O hidratado alcançou 2,3 bilhões de litros no período acumulado da safra, volume 45% acima do registro na safra passada. Já etanol anidro, foram produzidos 738 milhões de litros, queda de 11%.

O açúcar segue com a produção em baixa. No acumulado, a produção foi de 910 mil toneladas, enquanto que no mesmo período da safra passada o volume registrado já era de 1,4 milhão de tonelada, queda de 37%.

Entressafra

A partir de agora, momento em que as usinas encerram a produção para a safra atual na maioria dos Estados produtores, em Mato Grosso do Sul 10 das 19 usinas ainda permanecem moendo. “Temos usinas moendo até o último dia da safra, que é oficialmente 31 de março. Essa é uma particularidade do Estado, onde as usinas conseguem se programar para estender a moagem nesse período”, explica. 

Com usinas em atividade, a expectativa é que a produção alcance 48,7 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, volume 2,5% maior que na safra passada. “Ainda temos muita cana no campo para colher e a produção nessa reta final vai depender da quantidade de chuva no Estado”, conclui o presidente.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agronegócio
Peste suína na China pode abrir mercado para MS
Agronegócio
Sindicato Rural colhe assinaturas de produtores insatisfeitos com o setor
Agronegócio
Confira a programação do Campo Grande Expo 2019
Agronegócio
Fórum de suinocultura debaterá mercado e sustentabilidade
Agronegócio
Em Dourados, Riedel diz que agronegócio tem que se ligar a modernidade
Agronegócio
Reinaldo participa da abertura oficial da 55ª Expoagro
Agronegócio
Brasil é o segundo maior exportador mundial de milho
Agronegócio
China autoriza importação de gordura de porco do Brasil
Agronegócio
Campo Grande Expo inova ao implantar um campo de demonstração na feira
Agronegócio
Mulheres terão um dia dedicado a elas durante a Campo Grande Expo

Mais Lidas

Internacional
Peão de MS vence rodeio nos EUA
Polícia
Com quatro tiros na cabeça, adolescente morre em escola
Economia
No “Dia Livre de Impostos”, capital terá cerveja com metade do preço
Polícia
Operação no camelódromo termina com um preso e motos apreendidas