Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Senar - junho21
Agronegócio

Produtores de leite do MS recebem curso "Negócio Certo Rural"

Com a capacitação os produtores estão aptos para a consultoria do programa "Mais Leite"

31 janeiro 2019 - 09h15Mauro Silva, com assessoria

Produtores de leite de Mato Grosso do Sul recebem curso "Negócio Certo Rural", do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS). Esse é primeiro passo para participar da Assistência Técnica e Gerencial da instituição.  Com as orientações do curso, os produtores da pecuária de leite estão aptos para receber a consultoria do programa "Mais Leite".

O programa é uma iniciativa que melhora a gestão na propriedade e amplia as possibilidades de rentabilidade e sustentabilidade. Antes de iniciar a capacitação, os produtores rurais informam o interesse ao sindicato rural do seu município.

Com a sinalização, a equipe inicia o trabalho verificando a demanda. Em seguida, os interessados são convidados para uma reunião de sensibilização, que é a apresentação da metodologia a ser aplicada.

“O programa oferece um norte para a produção e traça uma meta a ser alcançada”, explica a diretora técnica do Sistema Famasul, Mariana Urt.

Neste ano, o "Mais Leite" está presente em 51 municípios, com um corpo técnico formado por 40 profissionais que atuam no campo, além de quatro supervisores. Com o diagnóstico, a equipe oferece um conjunto de ações adequadas para cada propriedade que vai desde manejo, administração do negócio, planejamento, entre outras.

O coordenador do programa, Juliano Coelho, fala que não existe uma receita de bolo para obter resultados, mas o engajamento é fator determinante. “O conhecimento oferecido nas capacitações e o planejamento otimizado com base em indicadores podem influenciar diretamente na efetividade da iniciativa”, explica.

Na cartela de cursos de Formação Profissional Rural – FPR, o Senar/MS tem ainda capacitações de produção de leite com qualidade, criação de bezerras e novilhas, casqueamento de bovinos, fabricação de derivados de leite, ordenhadeira mecânica, manejo básico de bovinos de leite e de ordenha, além de palestras, oficinas e encontros técnicos que atendem produtores de leite, trabalhadores da área e familiares.

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Processo em pauta no STF vai moldar a disputa por terras no Brasil
Agronegócio
"O Agro será o setor mais dinâmico da economia este ano" garante Tereza Cristina
Agronegócio
Em doze meses, preço pago pelo litro do leite ao produtor de MS aumenta 28%
Agronegócio
AO VIVO - Acompanhe a agenda de Bolsonaro em MS
Agronegócio
Exportações crescem e MS acumula US$ 1,213 bi em balança comercial

Mais Lidas

Polícia
Mãe confessa que matou bebê de 5 meses afogada, em Campo Grande
Polícia
Bebê de 5 meses foi morta afogada, porque mãe drogada queria tirar 'chip da besta'
Polícia
Bebê de 5 meses morre após suspeitas de violência sexual, em Campo Grande
Polícia
Com câncer em estado avançado, idoso comete suicídio na varanda de casa