Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Governo coronavirus 02
Agronegócio

Safra da soja em MS bate recorde com 10,5 mi de toneladas produzidas

A previsão inicial era de colher 9,9 milhões de toneladas de soja

04 março 2020 - 07h51Priscilla Porangaba, com informações da Semagro

Mato Grosso do Sul terá safra recorde de soja em 2020, com produção de 10,5 milhões de toneladas e produtividade média de 55,7 sacas por hectare.

Os números atualizados foram divulgados nessa terça-feira (3) no boletim técnico da Casa Rural, elaborado pela Federação da Agricultura de MS (Famasul) e a Associação dos Produtores de Soja do Estado (Aprosoja-MS).

Os dados foram revisados para cima devido aos bons resultados obtidos pela equipe técnica do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga-MS) durante a colheita em andamento da safra 2019/2020.

A previsão inicial era de colher 9,9 milhões de toneladas de soja, com produtividade de 52,1 sc/ha. A área plantada com o grão soma 3,163 milhões de hectares. 

Na comparação com a safra 2018/2019, a produção de soja em MS deve alcançar 20,15% de aumento na safra 2019/20, com 6,18% de expansão na área plantada.

De acordo com o secretário Jaime Verruck, titular da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro),  os números confirmam a expectativa de safra recorde para o Mato Grosso do Sul. "Isso consolida o Estado como grande produtor de grãos. Resultado de uma produção mais eficiente e que utiliza pesquisa e tecnologia para resultados cada vez melhores”, finaliza.

A soja está 45,5% colhida em MS, com todas as regiões seguindo a média. Nos últimos dez dias foram colhidos 752 mil hectares, mas na comparação com o mesmo período do ano passado, a colheita está 27% atrasada, devido à estiagem que atingiu o Estado na época de plantio.

No mercado interno os números também são bons. Até 2 de março, o Estado já havia comercializado 57,5% da safra de soja, conforme dados da Granos Corretora.

 O percentual é 17% maior que os 40% comercializados na mesma época do ano passado. O preço médio de fevereiro ficou em R$ 74,25 por saca, maior que os R$ 66,63 pagos na mesma época de 2019.

PMCG Refis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agronegócio
Exportação de carne de aves dispara em MS
Agronegócio
Brasil participa de reunião para definir estratégia contra nuvem de gafanhotos
Agronegócio
Estado cria comitê para monitorar nuvem de gafanhotos da Argentina
Agronegócio
Frente fria muda direção de nuvem de gafanhotos que se aproximava do Brasil
Agronegócio
Tereza Cristina diz que Ministério monitora "nuvem de gafanhotos"
Agronegócio
Nuvem de gafanhotos chega à Argentina e se aproxima do Brasil
Agronegócio
Em MS, vazio sanitário da soja tem início nesta segunda
Agronegócio
Segundo produtor de grãos do país, Paraná tem pior seca em 30 anos
Agronegócio
Rios de MS estão com baixos índices de navegação", alerta Verruck
Agronegócio
Riedel participa de videoconferência sobre agronegócio internacional

Mais Lidas

Geral
Jovem morre após ser atingido na cabeça por peça de 20kg
Acidente aconteceu em um armazém de grão na cidade de Rio Brilhante
Política
Simone e Nelsinho avaliam como positiva escolha do novo ministro da Educação
Esportes
Botafogo de Ribeirão vê ilegalidade na volta do Campeonato Paulista
Geral
Sindicato do Detran alerta: terceirização vai encarecer vistorias