Menu
Busca domingo, 29 de março de 2020
(67) 99647-9098
TJMS topo
Agronegócio

Senar/MS realizará programa de incentivo à agricultura sustentável

Programa que atende os produtores rurais tem início previsto para fevereiro

28 janeiro 2020 - 09h15Sarah Chaves, com informações da assessoria

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS) proporcionará para os produtores rurais um novo programa com a metodologia da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) - o Paisagens Rurais, com início previsto para fevereiro, que atenderá a bovinocultura de corte com foco manejo, conservação e recuperação ambiental produtiva.

O objetivo do programa é promover a conservação ambiental produtiva e práticas ecológicas de agricultura com baixa emissão de carbono. A estimativa é que na primeira turma da iniciativa tenha em média 200 produtores interessados

De acordo com o coordenador técnico do programa, Fabiano Pessatti, a especialização  irá orientar os alunos ao manejo sustentável integrado. “A equipe técnica do Senar/MS dará orientações quanto ao uso das práticas de agricultura sustentável, incluindo a Integração Lavoura Pecuária e Floresta (ILPF) e recuperação de pastagens degradadas, promovendo o planejamento do uso da terra, conciliando produção agrícola com conservação da biodiversidade”, explicou.

A novidade está no Indicador de Sustentabilidade Ambiental (ISA), instrumento que leva em consideração fatores econômicos, sociais, de gestão, capacidade produtiva do solo, qualidade da água, manejo dos sistemas de produção, ecologia, entre outros, em uma escala de 0,0 a 1,0.

“A partir de alguns critérios de impacto ambiental, os técnicos farão um diagnóstico da propriedade e darão orientações com o objetivo de elevar os indicadores. O ideal é que a régua do índice marque acima de 0,7”, detalha Fabiano.

A iniciativa contemplará especificamente o Rio Anhanduí e Rio Pardo, que inclui os municípios de Campo Grande, Camapuã, Jaraguari, Bandeirantes, Sidrolândia, Terenos, Rochedo, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Anaurilândia, Bataguassu, Santa Rita do Pardo, Brasilândia e Ribas do Rio Pardo.

Os interessados que possuem propriedade nesta área, devem ter Cadastro Ambiental Rural (Car), ativo e procurar o sindicato rural do município e solicitar mais informações do programa, que é totalmente gratuito.

Assembleia - Mais ALEMS

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agronegócio
Calendário de vacinação e plano de ação contra aftosa serão mantidos em MS
Agronegócio
Tereza Cristina estuda dar apoio financeiro a produtores
Agronegócio
Não faltará alimento durante a pandemia, garante CNA
Agronegócio
Ministra Tereza Cristina prestigia lançamento da Tecnofam 2020
Agronegócio
Safra da soja em MS bate recorde com 10,5 mi de toneladas produzidas
Agronegócio
Fundos investe mais de R$1 bi nos pequenos produtores rurais de MS
Agronegócio
Exportações de Mato Grosso do Sul chegam a R$ 20 bilhões em 2019
Agronegócio
Jorge Matsuda morre vítima de um câncer

Mais Lidas

Saúde
Ex-técnico do Botafogo está com coronavírus
Polícia
Motorista foge da polícia e só para após acidente
Tecnologia
Universidade cria aplicativo que informa pessoas com coronavírus
Polícia
Homem ameaça jovem, da facada em sobrinho e é parado por testemunhas