Menu
Busca sexta, 07 de maio de 2021
(67) 99647-9098
Gov_MS-Cresce_Maio21
Brasil

Amaury, do TRT, está na lista tríplice do TST

Além do magistrado, duas desembargadoras compõem a lista

19 abril 2021 - 18h51Joilson Francelino

O presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), da 24ª Região, desembargador Amaury Rodrigues Pinto Junior, foi escolhido por unanimidade nesta segunda-feira (19), pelo Pleno do Tribunal Superior do Trabalho, para compor a lista tríplice para ministro do TST.

Ao JD1 Notícias, o desembargador considera muito importante sua indicação para a lista. “É uma valorização, não somente minha, mas do próprio Tribunal Regional. O TRT foi elevado pelo TSE hoje”, afirmou. Além de Amaury, as desembargadoras Jane Granzoto, do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (SP) e Morgana Richa, do TRT da 9ª Região (PR), também compõem a lista.

Agora, é o presidente Jair Bolsonaro que escolherá quem ocupará a vaga do ministro Márcio Eurico Vitral Amaro, que está se aposentando. “Nossa expectativa é boa”, pontuou o desembargador de MS. Se escolhido for por Bolsonaro, o magistrado diz que seu trabalho será “sempre buscando o engrandecimento da Justiça do Trabalho, para o maior prestígio do Tribunal de Mato Grosso do Sul”.

O escolhido passará por sabatina na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal. Aprovado pela comissão e, posteriormente, pela maioria absoluta do plenário do Senado, será nomeado pelo presidente da República.

Confira abaixo a trajetória dos indicados à lista tríplice:

Desembargador Amaury Rodrigues Pinto Júnior

Natural de Curitiba (PR), é bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba e, em 1989, ingressou na magistratura como juiz do trabalho substituto do TRT da 10ª Região. Presidiu as Juntas de Conciliação e Julgamento (atualmente Varas do Trabalho) de Mundo Novo e Campo Grande (MS) e dirigiu o Foro de Campo Grande. Em 16/5/2001, foi promovido, por merecimento, a desembargador do TRT da 24ª Região, e presidiu a corte no biênio 2006/2008, sendo o atual presidente no biênio 2020/2021.

Desembargadora Jane Granzoto Torres da Silva

Jane Granzoto

Paulistana, a desembargadora ingressou em 29/3/1983 por meio de concurso público para o cargo de auxiliar judiciário do TRT da 2ª Região. Em junho de 1990, também mediante concurso, foi nomeada juíza do trabalho substituta e, em 28/9/1993, por merecimento, juíza presidente da 14ª Vara do Trabalho de São Paulo. Em 2004, foi promovida ao cargo de desembargadora e, de 2016 a 2018, foi corregedora regional. Ela atuou como convocada no TST de maio de 2014 a dezembro de 2015.

Desembargadora Morgana de Almeida Richa

A desembargadora assumiu o cargo de juíza substituta do TRT da 9ª Região em julho de 1992. Em setembro de 1994, foi promovida a juíza titular de Vara, posição que ocupou até sua promoção a desembargadora do Tribunal, em novembro de 2019.

Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Corpo de Paulo Gustavo é cremado em cerimônia restrita
Brasil
Operação mais sangrenta no RJ deixa 25 mortos no Jacarezinho
Brasil
MP denuncia Jairinho e Monique por homicídio e tortura
Brasil
Deputado diz que Bolsonaro pode ter doença mental e defende interdição
Brasil
Aposentados terão 13° em duas parcelas, começando em maio; veja o calendário
Brasil
Paulo Gustavo ganha homenagem de Beyoncé
Brasil
Covid: Morre ator e humorista Paulo Gustavo, aos 42 anos
Geral
Boletim diz que quadro de Paulo Gustavo é irreversível
Brasil
Conheça as crianças mortas durante ataque em escola
Brasil
WhatsApp libera envio de dinheiro pelo aplicativo no Brasil; veja como usar

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio