Menu
Busca quarta, 26 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Brasil

Começa hoje troca do RG pelo novo registro de identidade

17 janeiro 2011 - 11h14
A convocação dos selecionados para trocar a antiga cédula de identidade (RG) pelo novo cartão de Registro de Identidade Civil (RIC) começa hoje (17). Os moradores de Brasília, do Rio de Janeiro e de Salvador serão os primeiros a receber as cartas informando sobre a troca. A escolha foi aleatória. Segundo o Ministério da Justiça, as cidades de Hidrolândia (GO), Ilha de Itamaracá (PE), Nísia Floresta (RN) e Rio Sono (TO) também fazem parte do projeto piloto, e o início da convocação será ainda no primeiro semestre. Os cartões dos selecionados já estão prontos, pois foram feitos com base nos cadastros repassados pelos estados ao Ministério da Justiça. O RIC é um cartão magnético, com impressão digital e chip eletrônico, que inclui informações como nome, sexo, data de nascimento, foto, filiação, naturalidade e assinatura, entre outros dados. O Ministério da Justiça estima que a substituição da carteira de identidade será feita gradualmente, ao longo de dez anos. Fonte: Midia Max
Jacarezão

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Fábio Trad finaliza parecer pró prisão em segunda instância em março
Brasil
"Está sob controle", diz Moro sobre situação no Ceará
Brasil
"O trabalho continua", publica Bolsonaro sobre recuperação de rodovias
Brasil
Damares chefiará delegação brasileira na ONU
Brasil
Contra assédio, 99 dá desconto em corridas à Delegacia da Mulher no Carnaval
Brasil
Bacci relata ameaças após anunciar morte ao vivo
Brasil
Silvio não quer demitir a filha, diz colunista
Brasil
Silvia Abravanel pede demissão ao pai depois de se envolver em polêmica
Brasil
Ninguém acerta e Mega-Sena acumula em R$ 190 mi
Brasil
Morre, aos 83 anos, o “Zé do Caixão”

Mais Lidas

Educação
Resultado da inscrição para Fies e P-Fies sai nesta quarta
Internacional
Coronavírus: Brasil vai receber 2 mil voos de países com casos
Cidade
Vídeo mostra briga que pode ter sido durante Carnaval na capital
Geral
''Havia muito mais gente'', diz jornalista sobre carnaval de Corumbá