Menu
Busca domingo, 20 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Aguas - super banner
Brasil

Coordenador da Funai morre com flechada no peito

Rieli Franciscato foi atingido ao tentar se aproximar de povos isolados em Seringueiras, Rondônia

10 setembro 2020 - 10h20Sarah Chaves, com informações da CNN Brasil

O coordenador da Fundação Nacional do Índio (Funai), o indígenista Rieli Franciscato, 56 anos, foi morto na quarta-feira (9) com uma flechada no peito ao se aproximar de povos isolados em Seringueiras, no estado de Rondônia. 

Rieli tinha três décadas de experiência na defesa dos povos índigenas e coordenava a Frente de Proteção Etnoambiental Uru Eu Wau Wau, da Funai, Rieli era defensor da proteção de povos isolados no Brasil. 

A Funai lamentou a morte de Franciscato e manifestou solidariedade aos seus familiares e colegas. "As equipes da Coordenação Geral de Índios Isolados e de Recente Contato (CGIIRC) e das Frentes de Proteção Etnoambiental se despedem de Rieli com carinho, respeito e admiração", disse em nota.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
PF e órgãos estaduais apuram causas de incêndios no Pantanal
Brasil
Vídeo: Travesti "pega" short da amiga e acaba dando em briga
Brasil
Ostentação: participante de festa em barcos de luxo joga notas de R$ 50 no mar
Brasil
Vídeo: Homem é assassinado ao som de funk e tem olhos perfurados por galho
Brasil
Vídeo: travesti é chicoteada por gravar vídeo tomando cerveja
Brasil
Covid-19: Governo anuncia imposto zero para importação de vacinas
Brasil
AO VIVO - Posse do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello
Brasil
Adolescente acusada de matar a amiga será solta em menos de 24h após a internação
Brasil
Ao tentar defenter pitbull, adolescente é mordida e agredida por companheiro
Brasil
Rodrigo Maia testa positivo para o coronavírus

Mais Lidas

Polícia
Guarda civil realiza fiscalização nas 7 regiões da capital
Polícia
Vídeo: Guarda acaba com aglomeração em bairro nobre da capital
Saúde
MS registra 10 novos óbitos e 382 novas infecções de Covid-19
Polícia
Município de Grande Dourados tem conexão com tráfico para o Brasil