Menu
Busca terça, 28 de junho de 2022
(67) 99647-9098
TJMS Junho22
Brasil

Decreto suspende queimadas em todo território nacional

Publicado nesta quinta-feira (23), o decreto tem um prazo de 120 dias

23 junho 2022 - 13h52Da redação, com Agência Brasil

Decreto presidencial publicado no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (23) suspende - pelo prazo de 120 dias - a permissão do emprego de fogo em todo o territorial nacional, medida que costuma ser adotada todo ano quando tem início o período de seca, de forma a prevenir incêndios.

O uso de fogo em práticas agropastoris e florestais está previsto – e regulamentado – por outro decreto (nº 2.661/98). Apesar de suspender permissões, o decreto publicado hoje (nº 11.100/22) prevê algumas exceções, detalhando hipóteses onde a suspensão não deverá ser aplicada, como é o caso de “práticas de prevenção e combate a incêndios realizadas ou supervisionadas por instituições públicas responsáveis pela prevenção e pelo combate aos incêndios florestais”.

O emprego de fogo continua permitido também nas hipóteses de práticas de agricultura de subsistência executadas pelas populações tradicionais e indígenas; e de atividades de pesquisa científica realizadas por Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICT), “desde que autorizadas pelo órgão ambiental competente”.

Também é permitido em ações visando o controle fitossanitário autorizado pelo órgão ambiental competente; e em queimas controladas, em áreas não localizadas nos biomas Amazônia e Pantanal. Neste último caso, a permissão será concedida desde que sejam imprescindíveis à realização de práticas agrícolas; e previamente autorizadas pelo órgão ambiental estadual ou distrital.

O novo decreto define como “queima controlada” o emprego do fogo como “fator de produção e manejo em atividades agropastoris ou florestais e para fins de pesquisa científica e tecnológica em áreas com limites físicos previamente definidos”.

Ainda segundo o decreto, a permissão do emprego do fogo poderá ser suspensa, em caráter excepcional e temporário, “por ato do Ministro de Estado do Meio Ambiente, com a finalidade de reduzir danos ambientais provocados por incêndios florestais”.

Porto Murtinho

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Sortudo do DF saca prêmio de R$ 17 milhões da Quina de São João
Brasil
Randolfe protocola pedido de abertura da CPI do MEC
Brasil
Caged registra 277 mil novas vagas formais de trabalho no País
Brasil
Inscrições para a segunda fase do Revalida 2022 terminam hoje
Brasil
Quina de São João teve 11 ganhadores
Brasil
Uma aposta acerta as seis dezenas da Mega-Sena em São Paulo
Brasil
É hoje! Quina de São João terá premiação recorde de R$ 200 milhões
Política
Bolsonaro sanciona lei que prevê compensações de ICMS
Brasil
Família de Cristiano Araújo prepara projeto com músicas inéditas
Brasil
Menina de 11 anos que foi estuprada conseguiu realizar o aborto, diz MPF

Mais Lidas

Polícia
Motociclista desobedece abordagem e se 'arrebenta' em curva no Leblon; assista
Polícia
Morre em Corumbá homem acusado de torturar e assassinar ex-esposa
Geral
Jovem que se acidentou após desobedecer abordagem no Leblon morre na Santa Casa
Polícia
Mulher é esfaqueada no pescoço ao tentar separar briga nas Moreninhas