Menu
Busca sábado, 22 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Brasil

''Deus perdoa, a sociedade não'', diz advogada de Bruno

A advogada do atleta se mostrou indignada com a desistência da contratação

23 janeiro 2020 - 17h32Marya Eduarda Lobo, com informações do Uol

Horas depois de o Operário – Mato Grosso desistir da contratação do goleiro Bruno, a advogada do atleta, Mariana Migliorini, se mostrou indignada com a situação. Em entrevista, ela lamentou o recuo da diretoria do clube do Centro-Oeste e defendeu o cliente de 35 anos.

Migliorini afirmou que os empresários de Várzea Grande não querem ter o nome do Bruno vinculado a eles por conta da repercussão social. ‘’Querem ele morto. Isso não é pena, não é algo civilizatório. O Bruno já cumpriu a pena, Deus perdoa. A sociedade não’’,disse.

Depois de fazer uma proposta oficial ao jogador, que aceitou os termos e foi autorizado pela Justiça a atuar, o clube mato-grossense desistiu da contratação por conta de protestos da torcida e da perda de alguns patrocínios para a temporada.

Bruno foi condenado na Justiça mineira a mais de 20 anos de prisão pelo sequestro, assassinato e ocultação de cadáver da ex-namorada e modelo Eliza Samúdio. O crime ocorreu em 2010.

Jacarezão

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Bacci relata ameaças após anunciar morte ao vivo
Brasil
Silvio não quer demitir a filha, diz colunista
Brasil
Silvia Abravanel pede demissão ao pai depois de se envolver em polêmica
Brasil
Ninguém acerta e Mega-Sena acumula em R$ 190 mi
Brasil
Morre, aos 83 anos, o “Zé do Caixão”
Brasil
Cid Gomes é baleado no Ceará
Brasil
Lula e Alcolumbre devem se reunir nesta quarta para falar sobre política
Brasil
Possível ganhador da Mega poderá ter R$ 440 mil, por mês, o resto da vida
Brasil
Secretário descarta privatizar Petrobras, Caixa e Banco do Brasil
Brasil
Intenção de consumo das famílias sobe em fevereiro, diz CNC

Mais Lidas

Cidade
Força tarefa minimiza estragos da chuva
Geral
Prefeito fica preso em elevador da prefeitura
Esportes
Nadador de MS disputa competição junto à seleção brasileira
Polícia
Funcionários da Receita encontram jibóia de 3 metros no posto fiscal