Menu
Busca sexta, 17 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Brasil

Em uma semana, “Não Me Perturbe” tem mais de 1 milhão de pedidos

A plataforma atende aos clientes que não desejam receber ligações indesejadas

23 julho 2019 - 17h13Joilson Francelino, com informações da assessoria

Lançado há uma semana, o site “Não Me Perturbe” fechou a noite de segunda-feira (22) com 1,459 milhão de pedidos de bloqueio de ligações indesejadas de serviços de telecomunicações.

Para deixar de receber chamadas com ofertas de serviços de telefonia, TV por assinatura e banda larga o consumidor deverá preencher o formulário de inscrição na plataforma que pode ser acessado neste link.( https://naomeperturbe.com.br/ ).

A suspensão das chamadas pelas empresas de telecomunicações ocorrerá em até 30 dias, contados da data do cadastramento.

Em junho deste ano, a Anatel determinou que as empresas de telecomunicações criassem uma lista única de consumidores que não queriam mais receber chamadas de oferta de serviços de telefonia, TV por assinatura e internet. A medida vale para as empresas Algar, Claro/Net, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, TIM e
Telefônica/Vivo.

A lista do “não me perturbe” vale para todo o Brasil e não substitui os cadastros geridos por Procons em algumas Unidades da Federação.

O problema de ligações indesejadas tem escala global e vem sendo enfrentado por órgãos reguladores de outros países, como Estados Unidos e Índia. No Brasil, estudos de mercado estimam que cerca de dois terços dessas ligações são provenientes de outros setores econômicos que não os de telecomunicações.

Em função das competências legais da Anatel, a medida alcança apenas as empresas de telecomunicações, que respondem por cerca de 32% das chamadas indesejadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Secretaria será criada para entrada do Brasil na OCDE, afirma Lorenzoni
Brasil
Funcionários da Casa da Moeda estão parados desde sexta-feira
Brasil
Brasil e Catar acabam com exigência de visto
Brasil
Documentário sobre Dilma é indicado ao Oscar
Brasil
No STF, Netiflix insiste no Especial de Natal Porta dos Fundos
Brasil
Filha do presidente nacional do PROS acusa o pai de agressão
Brasil
Vídeo - Guindaste tomba e afunda barco em rio
Brasil
Taxa sobre energia solar é criticada por Davi Alcolumbre
Brasil
Bolsonaro quer manter relações comerciais com Irã
Brasil
Bolsonaro fala em estabilidade no preço do combustível

Mais Lidas

Opinião
Lei da liberdade econômica beneficia pequenos empreendedores
Polícia
Vídeo - Pastora tenta se matar após flagrar seu marido com travesti
Cidade
Saiba quais ruas serão interditadas pela Agetran neste final de semana
Polícia
Três são presos tentando vender moto furtada