Menu
Busca quarta, 23 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Brasil

Governo paga R$ 10,2 milhões para custear transmissões de TV da Fifa na Copa das Confederações

22 fevereiro 2013 - 11h31Joel Silva/Folhapress

Após as cidades-sede da Copa de 2014 reclamarem dos custos excessivos das estruturas temporárias exigidas pela Fifa (Federação Internacional de Futebol Associado), o governo federal resolveu assumir parte desta depesa com o compromisso de pagar os equipamentos de energia para a transmissão mundial de TV durante a Copa das Confederações, que começa em 15 de junho e ocorrerá em seis das 12 cidades-sede da Copa de 2014.

O Ministério do Esporte anunciou investimento previsto de R$ 10,2 milhões para contratar uma empresa ou consórcio que forneça geradores de energia para a transmissão do sinal de TV dos estádios, para o mundo todo, nas seis arenas que receberão as partidas da competição futebolística este ano. Este compromisso foi assumido pelo COL (Comitê Organizador Local) e pelas cidades-sede para a realização dos mundiais futebolísticos, em meio a outras estruturas temporárias de apoio na realização das competições.

A responsável pela transmissão de TV é a HBS, produtora parceira da Fifa que fará a captação das imagens oficiais e geração do sinal de TV. Os geradores de energia garantem que a transmissão continue mesmo se houver problemas no abastecimento de energia local.

Negócio milionário
É este sinal que será utilizado pelas emissoras de TV que compraram os direitos de transmissão dos jogos da competição para a Fifa. No Brasil, a TV Globo é a parceira oficial da entidade máxima do futebol. Além da transmissão oficial da HBS, a emissora deve ter câmeras exclusivas próprias dentro dos estádios durante as partidas.

Assim, o governo brasileiro ajuda a custear as transmissões de TV, um negócio milionário do qual o lucro proveniente ficará inteiro com a Fifa, a HBS e as emissoras de TV que vão retransmitir o sinal mundo afora.

Indefinição
Inicialmente, de acordo com os compromissos assumidos com a Fifa, a contratação deste equipamento para as transmissões de TV era de responsabilidade de cada cidade-sede, segundo a pasta do Esporte. Porém, o edital da licitação, publicado nesta terça-feira (19) no Diário Oficial da União, diz que os recursos saírão do orçamento de 2013 do Ministério do Esporte.

Apesar da publicação e registro oficial a pasta do Esporte afirma, por meio de sua assessoria de imprensa, que não está definido se pagará mesmo essa conta, e que o custo ainda pode ser assumido pelos municípios. "O fornecimento de geradores está incluído no compromisso das cidades-sede com a Fifa. O pregão é centralizado para garantir o padrão do serviço a ser fornecido", diz a nota enviada ao UOL Esporte.

Via Uol

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Elias Maluco é encontrado morto em presídio
Brasil
Vídeo: Assaltante é agredido pela população e sofre ferimentos na cabeça
Brasil
Vídeo: Casal de ladrões apanham de moradores durante tentativa de roubo
Brasil
PF e órgãos estaduais apuram causas de incêndios no Pantanal
Brasil
Vídeo: Travesti "pega" short da amiga e acaba dando em briga
Brasil
Ostentação: participante de festa em barcos de luxo joga notas de R$ 50 no mar
Brasil
Vídeo: Homem é assassinado ao som de funk e tem olhos perfurados por galho
Brasil
Vídeo: travesti é chicoteada por gravar vídeo tomando cerveja
Brasil
Covid-19: Governo anuncia imposto zero para importação de vacinas
Brasil
AO VIVO - Posse do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello

Mais Lidas

Brasil
Elias Maluco é encontrado morto em presídio
Internacional
Noivo descobre traição antes do casamento e se vinga
Polícia
Pitbull invade quintal e ataca jovem e dona diz que "não pode fazer nada"
Polícia
Corpo de cabeleireiro é encontrado em rio