Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS outubro21
Brasil

Jovem simula sequestro para conseguir R$ 700 e gastar com mulher e drogas

Acreditando ser verdade, os pais chegaram a fazer o deposito solicitado pelos supostos sequestradores

22 setembro 2021 - 18h36Brenda Assis

Um jovem de 20 anos está sendo investigado por extorsão depois que simulou um sequestro e pediu R$ 700 aos pais, mas acabou sendo flagrado em um bar na cidade de Piratininga. Ele é de Lins, interior de São Paulo. As informações são do G1.

De acordo com o boletim de ocorrência, o jovem saiu de casa na noite de sábado (18), dizendo que iria encontrar uma mulher no bairro Morumbi. A mãe do jovem relatou à polícia que, de madrugada, mandou mensagem para saber onde o filho estava e ele respondeu que iria embora pela manhã.

Ainda conforme o BO, às 6h34 de domingo (19), a mulher recebeu uma mensagem através do WhatsApp do filho, pedindo o valor de R$ 700 para que ele fosse liberado. "'Tâmo' na caminhada com seu filho. R$ 700 no PIX da firma pra gente liberar ele. Agita aí, dona", dizia a mensagem.

Segundo o registro policial, outras mensagens chegaram ao longo da manhã, pedindo para que a família fizesse a transferência até às 10h. Durante a conversa, os pais do jovem chegaram a receber uma foto dele com a cabeça coberta, em uma área de mata, e fizeram a transferência.

De acordo com a Polícia Civil, as equipes começaram a investigar o caso e descobriram que o jovem esteve em um bar em Piratininga. Imagens do circuito de segurança flagraram o morador no local na noite de domingo (19), consumindo produtos com uma jovem e outro rapaz.

Diante disso, a polícia constatou que a história não era verdadeira e que o jovem "tinha a finalidade de causar temor em sua família para que depositassem dinheiro em sua conta", conforme o BO.

No fim da tarde de segunda-feira (20), o jovem voltou para a casa e foi levado pelos pais à Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Lins, onde tentou reafirmar a história do sequestro, mas acabou confessando a mentira. Ele disse à polícia que elaborou a história para conseguir dinheiro para usar drogas e passear em Piratininga com a mulher que conheceu por meio de um aplicativo de relacionamento. Confessou ainda que sujou as próprias roupas antes de chegar em casa para manter a história aos familiares.

O jovem está sendo investigado em liberdade pelo crime de extorsão e pode cumprir pena de até oito anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Bolsonaro sanciona mudanças na Lei de Improbidade Administrativa
Brasil
Brasil cria 313,9 mil vagas com carteira assinada em setembro
Brasil
Caso Henry: novo vídeo mostra mãe e padrasto com a criança no elevador
Brasil
Criança de 2 anos é atacada por Pitbull
Brasil
JD1TV: Durante briga no trânsito, motorista surta e quebra carro de mulher
Brasil
Prédio desaba, deixa um morto e três feridos
Brasil
Incor pede autorização à Anvisa para testes clínicos de vacina spray
Brasil
Suspensão de validade de concursos na pandemia é aprovada pela CCJ da Câmara
Brasil
A Receita Federal abriu hoje para verificação lote residual de Imposto de Renda
Brasil
Violência contra crianças: 86% dos casos são praticados por conhecidos

Mais Lidas

Internacional
Mulher mata marido a machadadas após o flagrar estuprando sua filha de 5 anos
Vídeos
JD1TV: Corna vai tirar satisfação com amante do marido e 'pau come' solto
Polícia
Em uma noite, polícia atende três ocorrência envolvendo suicídio
Geral
JD1TV: Funcionário do Carrefour de Campo Grande é humilhado por gerente