Menu
Busca domingo, 11 de abril de 2021
(67) 99647-9098
TJMS abril21
Brasil

Juíza Patrícia Acioli foi assassinada com arma do Exército

20 abril 2012 - 11h49Reprodução

Uma das três armas usadas para matar a juíza Patrícia Acioli, no dia 11 de agosto do ano passado, pertence ao Exército Brasileiro, segundo informação no inquérito da Polícia Federal do Rio. A magistrada foi assassinada com 21 tiros quando chegava em casa, em Niterói, na região metropolitana.

O relatório de investigação sobre o assassinato afirma que, a perícia constatou que a pistola 45 - apreendida em uma favela da zona oeste um mês após o crime - foi usada no assassinato da juíza. Consta ainda que a pistola tem as gravações "Armas da República do Brasil" e "Exército Brasileiro".

O Exército investiga de quem é a arma. Uma pistola de calibre 40 e um revólver 357 também foram usados no assassinato. Por decisão Justiça, os 11 PMs acusados de matar Acioli deverão ir à júri popular, mas os réus entraram com recurso, ainda não julgado, contra a decisão. Todos estão presos.

Via Folha

APP JD1_apple

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Vídeo: Advogado 'esquece' câmera ligada e aparece tomando banho em sessão
Brasil
CNH passará a valer por 10 anos a partir da próxima segunda-feira; confira
Brasil
Covid: Brasil registra 4.249 mortes em 24h e bate novo recorde
Brasil
Caiu: Instagram e Facebook ficam fora do ar mais uma vez
Brasil
Governo anuncia mais 4,4 milhões de vacinas
Brasil
População abaixo da linha da pobreza triplica no Brasil, aponta levantamento
Brasil
Senado quer proibir tributos para vacinas
Brasil
Longen vê reajuste do gás natural como prejudicial para empresas
Brasil
Bolsonaro descarta lockdown nacional
Brasil
Agência bancária é assaltada e criminosos fazem servidores como reféns

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio