Menu
Busca segunda, 21 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Governo vitimas
Brasil

Mães vítimas de violência doméstica têm prioridade na matrícula dos filhos

Lei Maria da Penha foi alterada para garantir a matrícula independente da existência da vaga

09 outubro 2019 - 10h55Vitória Ribeiro, com informações Agência Brasil

Filhos de mulheres vítimas de violência já podem ser matriculados em escolas de educação básica perto de sua residência. O Diário Oficial da União, edição desta quarta-feira (9), publica a Lei nº 13.882, de 8 de outubro deste ano, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, que altera a Lei Maria da Penha, para garantir a matrícula, independentemente da existência de vaga.

“A mulher em situação de violência doméstica e familiar tem prioridade para matricular seus dependentes em instituição de educação básica mais próxima de seu domicílio, ou transferi-los para essa instituição, mediante a apresentação dos documentos comprobatórios do registro da ocorrência policial ou do processo de violência doméstica e familiar em curso”, diz o texto da lei.

A nova redação ressalta também que serão sigilosos os dados da vítima e de seus dependentes matriculados ou transferidos e o acesso a essas informações será reservado ao juiz, ao Ministério Público e aos órgãos competentes do poder público. Segundo o projeto Relógios da Violência do Instituto Maria da Penha, a cada 7,2 segundos uma mulher sofre agressão física no Brasil.

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Morre quarto bombeiro que combateu incêndio em boate no Rio
Brasil
Senado deve concluir terça-feira votação de mudanças na Previdência
Brasil
Maior roda-gigante da América Latina será inaugurada em novembro
Brasil
Bombeiros encontram mais um corpo de vítima da tragédia em Brumadinho
Brasil
Três militares do Corpo de Bombeiros morreram enquanto tentavam combater incêndio
Brasil
Bombeiros confirmam sétima morte em Fortaleza
Brasil
Vídeo - Incêndio atinge whiskeria no centro do Rio de Janeiro
Brasil
Vídeo - Câmeras mostram funcionário quebrando coluna de prédio antes de desabar
Brasil
Em seis anos, setembro tem a maior criação de empregos para o mês
Brasil
Maurício Sherman, um dos ícones da TV brasileira, morre aos 88 anos

Mais Lidas

Geral
"Relógios da Energisa marcam 40% a mais que consumo real", diz técnico do IPEM
Internacional
Evento da NASA na capital acontece até as 17 horas
Geral
Ivo de Souza será sepultado na tarde deste domingo
Polícia
Mulher é presa em flagrante ao furtar supermercado 3 vezes e morder segurança