Menu
Busca domingo, 21 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Brasil

“Ministro não deve ter receio de desagradar a opinião pública”, diz Fux

O ministro usou como exemplo a aplicação da Lei da Ficha Limpa, durante discurso

22 janeiro 2019 - 14h37Da redação com informações da Agência Brasil

O ministro Luiz Fux, vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta terça-feira (22), em evento sobre o combate à corrupção, que os ministros da Corte não devem ter medo de desagradar a população ao tomar suas decisões.

“O Supremo Tribunal Federal tem compromisso com a guarda da Constituição. E nenhum receio de desagradar a opinião pública, ou de cair em impopularidade, pode fazer com que um ministro do Supremo Tribunal Federal abdique da sua independência", disse Fux.

Como exemplo, o ministro citou a análise sobre a aplicação da Lei da Ficha Limpa, em 2010, quando seu voto desempatou o julgamento e fez com que a aplicação da legislação de iniciativa popular fosse adiada para as eleições de 2012. “Naquela oportunidade, não vou sonegar aos senhores que me assustei bastante com a repulsa popular”, admitiu.

O ministrou também exaltou o trabalho dos jornalistas, afirmando que “quanto maior for a liberdade de imprensa, maior será o combate à corrupção”.

“Foi a imprensa que inaugurou a estratégia de, em vez de focar nos corruptos, focar nos corruptores, quando produz o noticiário. Que haja parceria legítima entre a imprensa e as instituições de combate a corrupção”, disse.

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Bolsonaro diz que invasão de terra tem que ser tipificada como terrorismo
Brasil
Recadastramento de clientes de celulares pré-pagos começa nesta quinta
Brasil
Moraes revoga decisão que censurou reportagens
Brasil
Avianca vai devolver oito aeronaves depois da Páscoa
Brasil
Bolsonaro exonera general corumbaense, da secretaria de Esportes
Brasil
Mulher é presa seis anos após matar o ex-namorado
Brasil
Mega acumula e pode pagar R$ 60 mi, no sábado
Brasil
Revista Time coloca Bolsonaro entre os "100 mais influentes do mundo"
Brasil
Fachin quer manifestação de Moraes sobre inquérito de fake news
Brasil
Vale vai retomar atividades na Mina de Brucutu

Mais Lidas

Polícia
Corpo de mulher é encontrado amarrado em árvore às margens da BR-262
Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Geral
“Em tempos de crise a solução é inovar”, diz empresária