Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Senar - junho21
Brasil

"Não há urgência em ação contra posse de armas", diz Fux

O caso será analisado somente em 1º de fevereiro, quando a Corte retomará os trabalhos

18 janeiro 2019 - 16h54Da redação com informações da Agência Brasil

O vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, decidiu nesta sexta-feira (18) que não há urgência na ação protocolada pelo PCdoB contra o decreto do presidente Jair Bolsonaro que regulamentou o registro, a posse e a comercialização de armas de fogo no país.

Com a decisão, o caso será analisado pelo relator, ministro Celso de Mello, a partir de 1º de fevereiro, quando a Corte retomará os trabalhos depois do período de recesso. Fux está atuando como plantonista no STF, responsável pelas ações que chegam ao tribunal neste mês. 

"A análise dos autos revela que o caso não se enquadra à hipótese excepcional do regimento interno deste Supremo Tribunal Federal. Encaminhe-se o processo ao ministro relator", decidiu Fux. 

O decreto foi uma das principais promessas de campanha do presidente da República e flexibiliza as regras para a posse de arma de fogo no país. O texto já está em vigor. O decreto mudou algumas regras, como o prazo de renovação, que passou de cinco para dez anos. 

Entre as alegações de inconstitucionalidade, o PCdoB sustenta que o texto do decreto usurpou competência do Poder Legislativo e trouxe inovações que não estão previstas no Estatuto do Desarmamento (lei 10.826/2003).

Vai di Vinho

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Processo em pauta no STF vai moldar a disputa por terras no Brasil
Brasil
Bolsonaro deve anunciar prorrogação do auxílio emergencial nesta semana
Brasil
Ricardo Salles é exonerado
Agronegócio
"O Agro será o setor mais dinâmico da economia este ano" garante Tereza Cristina
Brasil
Grupo religioso procura advogado para defender Lázaro
Brasil
Presidente da Anvisa apela à população que tome segunda dose da vacina
Brasil
Presidente da Anvisa ressalta imunização com duas doses da vacina
Brasil
Jovem de 19 anos perde parte do pulmão após contrair fungos durante uso de narguilé
Brasil
Covid: Brasil tem 2º maior número de casos em 24h
Brasil
Entra em vigor lei que prorroga regras de reembolso de passagens aéreas

Mais Lidas

Polícia
Mãe confessa que matou bebê de 5 meses afogada, em Campo Grande
Polícia
Bebê de 5 meses foi morta afogada, porque mãe drogada queria tirar 'chip da besta'
Polícia
Bebê de 5 meses morre após suspeitas de violência sexual, em Campo Grande
Polícia
Com câncer em estado avançado, idoso comete suicídio na varanda de casa