Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Aguas - super banner
Brasil

Observatório online facilitará pesquisa sobre desenvolvimento regional

21 março 2013 - 11h10Divulgação/Ministério da Integração Nacional

O Ministério da Integração Nacional lançou, nesta terça-feira (19), a ferramenta Observatório Nacional de Desenvolvimento Regional (

ODR

), que disponibiliza indicadores e informações sobre educação, ciência e tecnologia, estrutura produtiva, demografia, infraestrutura, financiamento público e aplicação do Orçamento da União.

Com os indicadores, o cidadão poderá cruzar dados e criar análises regionais e comparadas com o auxílio de mapas, gráficos e tabelas.

O Observatório de Desenvolvimento Regional pode ser acessado pela internet e possui funcionalidades e bases de dados estratégicos para a pesquisa sobre as desigualdades regionais. O ODR também se propõe a subsidiar a avaliação dos recursos aplicados na Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR), ampliando a transparência das ações do governo federal.

Segundo o coordenador do Observatório, Pedro Cavalcante, a ferramenta tem aplicativos diferenciados para pesquisadores com pouca ou mais experiência. “Nossa intenção foi tornar o observatório bastante intuitivo, mas como lidamos com camadas geográficas, com unidades territoriais diferentes, algumas operações são mais complexas”, afirmou.

O lançamento do Observatório aconteceu em Brasília, durante a abertura da I Conferência Nacional de Desenvolvimento Regional (CNDR), que está sendo realizada junto à Semana de Desenvolvimento Regional, e termina na próxima sexta-feira (22).

Como usar
O acesso aos dados pode ser feito com ou sem cadastro, mas caso o usuário faça o cadastro, aumenta o leque de opções de uso das informações. Também é possível apresentar sugestões e críticas. A base de dados contém, atualmente, cerca de noventa indicadores com previsão de expansão para duzentos.

A Secretaria Nacional de Desenvolvimento Regional, que é ligada ao ministério, é  responsável pela reposição de dados. Para isso, conta com a parceria de mais de vinte órgãos e institutos federais de pesquisa.

Conferência
Após a realização de 27 etapas estaduais e cinco macrorregionais da Conferência Nacional de Desenvolvimento Regional, foram eleitos 443 delegados que representam o poder público, a sociedade civil, o empresariado e as instituições de ensino e pesquisa de todas as unidades da Federação. Cerca de dez mil pessoas enviaram suas contribuições, o que resultou em 800 propostas para modernização da Política Nacional de Desenvolvimento Regional.

Para a etapa nacional, após sistematização, o Caderno de Propostas traz 362 sugestões. Haverá um processo de priorização em que serão elencados os princípios e as diretrizes fundamentais, as mais importantes dentre todas as proposições que servirão de base para a elaboração do Projeto de Lei da nova Política Nacional de Desenvolvimento Regional, que seguirá, posteriormente, para tramitação no Congresso Nacional.

Via Portal Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
PF e órgãos estaduais apuram causas de incêndios no Pantanal
Brasil
Vídeo: Travesti "pega" short da amiga e acaba dando em briga
Brasil
Ostentação: participante de festa em barcos de luxo joga notas de R$ 50 no mar
Brasil
Vídeo: Homem é assassinado ao som de funk e tem olhos perfurados por galho
Brasil
Vídeo: travesti é chicoteada por gravar vídeo tomando cerveja
Brasil
Covid-19: Governo anuncia imposto zero para importação de vacinas
Brasil
AO VIVO - Posse do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello
Brasil
Adolescente acusada de matar a amiga será solta em menos de 24h após a internação
Brasil
Ao tentar defenter pitbull, adolescente é mordida e agredida por companheiro
Brasil
Rodrigo Maia testa positivo para o coronavírus

Mais Lidas

Saúde
Confira a escala médica nas UPAs e CRSs nesta segunda
Geral
Eletricitários paralisam e exigem transparência de terceirizada da Energisa
Polícia
Filha é arrastada por 50 metros pendurada em carro ao tentar defender a mãe do padrasto
Clima
Casacos leves podem ser úteis nesta segunda que terá miníma de 18°C