Menu
Busca segunda, 18 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Futebol
Brasil

Projeto estipula que vacinas contra COVID-19 serão prioridades do SUS

Senado decidiu que imunizantes só irão para a rede privada após SUS alcançar metas

04 dezembro 2020 - 12h02Gabrielly Gonzalez, com informações do Congresso em Foco

Na quinta-feira (3), senadores aprovaram por unanimidade o projeto que estipula regras para a distribuição das vacinas contra a covid-19, proposto pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE). A matéria ainda precisa ser analisada pela Câmara dos Deputados e sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro para passar a valer.

O texto determina que a vacinação contra o novo coronavírus priorize os grupos mais vulneráveis ao vírus. Além disso, a redação também diz que o Sistema Único de Saúde (SUS) será priorizado nas aquisições e na distribuição das vacinas, até que as metas de cobertura vacinal nacional sejam alcançadas. Apenas depois disso que as vacinas deverão ser distribuídas pelas clínicas privadas.

Contudo, como o texto menciona a priorização, e não a exclusividade para o SUS, poderá haver pressão para que o imunizante seja ofertado em laboratórios e clínicas de rede privada.

Senador Nelsinho Trad (PSD-MS), em seu relatório, trouxe algumas alterações na redação original. Entre elas, deixou claro que a vacinação contra a covid-19 é direito de todos e dever da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, devendo abranger, de forma gratuita, toda a população brasileira. Também estabeleceu que as informações sobre a distribuição de doses e as transferências de recursos federais efetivados devem ser disponibilizadas no site oficial do Ministério da Saúde.

A versão original do senador Alessandro Vieira apresentava critérios como tamanho da população, percentual da população já acometida por covid-19, número de casos e de óbitos e número e taxas de hospitalizações e de óbitos por covid-19 e por síndrome respiratória aguda grave.

“A vacina é nossa esperança. O projeto não obriga ninguém a se vacinar, mas garante a distribuição para todos os estados e o acesso gratuito a todos que quiserem a vacina. Salvar vidas e acelerar a recuperação econômica são os objetivos do PL”, afirmou o senador Alessandro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Vídeo: 'Menino Maluquinho' de 2 anos fica com panela presa na cabeça
Brasil
Nascidos em julho podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje
Brasil
Covid: Cantor de Caneta Azul lança 'Vamos Vacinar’
Brasil
Filho precisou abrir cova para enterrar pai; coveiro foi encontrado bêbado
Brasil
Voo para buscar vacina contra Covid-19 na Índia é adiado em um dia
Brasil
Mesmo prometendo a Bolsonaro, Trump não visitou Brasil
Brasil
Vídeo: falta oxigênio em hospitais de Manaus para pacientes com Covid
Brasil
A partir de 1º de janeiro, aposentaria terá reajuste de 5,45%
Brasil
Despedida de Maguito terá velório drive-thru e cortejo em carro aberto
Brasil
Vídeo: Após aborto malsucedido, mãe sufoca bebê com sacola plástica até a morte

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio