Menu
Busca sexta, 15 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS Janeiro/21 juizado de transito
Brasil

Queda na produtividade deve elevar preço do álcool nos postos

14 junho 2011 - 10h15Arte Folha de São Paulo

A queda na produtividade de cana está influenciando negativamente o desempenho da safra atual. Para especialistas, isso deverá voltar a pressionar para cima o preço do álcool nas bombas.

Ontem, a Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar) divulgou levantamento do Centro de Tecnologia Canavieira que apontou queda de 20,7% na produtividade da área de cana colhida até o final do mês passado, na comparação com o mesmo período da safra de 2010/11.

Os números divulgados pela Unica também confirmam que a qualidade da cana processada até agora está inferior em relação à safra anterior. Isso significa que a quantidade de álcool e açúcar obtidos no processo também está menor.

No caso da produtividade, segundo a Unica, três fatores pesaram para reduzir significativamente o rendimento.

São eles a colheita de canaviais envelhecidos, a falta de cana bisada (deixada no campo de uma safra para outra) e o atraso no desenvolvimento da planta por causa do clima.

Por causa da queda de produtividade, a Unica, com ajuda de sindicatos e de associações produtoras do centro-sul, iniciou um levantamento para detectar a quantidade de cana disponível para moagem nos próximos meses.

No início de julho, a Unica deve se posicionar em relação a uma possível revisão da projeção de produção _em março, projetou moagem de 568,5 milhões de toneladas na safra 2011/12.

Para o representante da Unica na região de Ribeirão, Sérgio Prado, é cedo para prever se haverá quebra de safra. "Ainda não dá para dimensionar."

No entanto, em maio a própria Unica já havia admitido a possibilidade de não atingir a produção projetada.

Na moagem até o fim de maio, cada tonelada de cana rendeu 116,3 kg de ATR (açúcar total recuperável), 3,7% a menos que os 120,8 kg obtidos no mesmo período da temporada passada e bem abaixo dos 140,8 kg da projeção para a safra atual.

Isso também influenciou negativamente o rendimento de açúcar e álcool por tonelada em 4%.

Para o professor de planejamento da USP Marcos Fava Neves, a queda na produtividade vai influenciar no preço do álcool nos postos.

"Não faz sentido o preço [do álcool] cair porque estamos com um cenário no qual não tem cana suficiente para todo o mercado potencial."

Na semana passada, pesquisa da Folha já apontara aumento de preço na bomba.

Com informações da Folha de São Paulo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Vídeo: 'Menino Maluquinho' de 2 anos fica com panela presa na cabeça
Brasil
Nascidos em julho podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje
Brasil
Covid: Cantor de Caneta Azul lança 'Vamos Vacinar’
Brasil
Filho precisou abrir cova para enterrar pai; coveiro foi encontrado bêbado
Brasil
Voo para buscar vacina contra Covid-19 na Índia é adiado em um dia
Brasil
Mesmo prometendo a Bolsonaro, Trump não visitou Brasil
Brasil
Vídeo: falta oxigênio em hospitais de Manaus para pacientes com Covid
Brasil
A partir de 1º de janeiro, aposentaria terá reajuste de 5,45%
Brasil
Despedida de Maguito terá velório drive-thru e cortejo em carro aberto
Brasil
Vídeo: Após aborto malsucedido, mãe sufoca bebê com sacola plástica até a morte

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio