Menu
Busca quarta, 20 de março de 2019
(67) 99647-9098
Brasil

Radioterapia do HU é reativada

09 janeiro 2012 - 16h31João Garrigó

Depois de ficar fechada por aproximadamente quatro anos, a radioterapia do Hospital Universitário (HU) de Campo Grande foi reativada. O serviço voltou a funcionar em 20 de dezembro, mas a curto passo. Por enquanto, são apenas dois pacientes.

De acordo com a assessoria de imprensa da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), a ampliação da demanda só vai acontecer a partir do próximo dia 23, quando uma física, que está de férias, retorna ao trabalho.

A suspensão do atendimento centralizou o tratamento no Hospital do Câncer, penalizando os pacientes na luta contra a doença. Conforme auditoria do TCU (Tribunal de Contas da União) sobre a política nacional de atenção oncológica na rede pública de saúde, Mato Grosso do Sul oferece um dos piores tratamentos do Brasil.

São atendidas 33,9% da demanda por radioterapia e 34,4% dos que precisam de cirurgias oncológica. Dentre os 26 Estados e o Distrito Federal, Mato Grosso do Sul fica à frente do Amapá, DF e Roraima. A realidade expressa pelos números é o oposto das orientações médica, de que quando mais rápido o diagnóstico e combate à doença, maiores as chances de cura.

Agonia
A demora para reativar a radioterapia no HU teve vários capítulos. Em 2010, o Estado e a UFMS firmaram contrato de R$ 217 mil para “imediato funcionamento” do setor. O recurso veio após o MPF (Ministério Público Federal) identificar mais de 170 pessoas aguardando para fazer o procedimento.

Muitos doentes buscavam como alternativa o Hospital de Barretos, em São Paulo, onde Mato Grosso do Sul figura como o terceiro Estado de origem dos pacientes tratados.

Com toda a demanda direcionada para o Hospital do Câncer, foram repassados recursos para a clínica particular Neorad.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, por enquanto, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), que faz a regulação dos pacientes em Campo Grande, faz encaminhamentos apenas para o Hospital do Câncer. Ainda segundo a assessoria, a Neorad está em negociação com a Santa Casa para atender a demanda.

No último dia 30 de dezembro, a Santa Casa de Campo Grande recebeu do Ministério da Saúde a classificação de Unacon (Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia). O processo de credenciamento do hospital no Ministério da Saúde começou em abril de 2011.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
“Lava Toga”, vai ou não vai? Saiba detalhes
Brasil
Bolsonaro viaja ao Chile para se reunir com líderes da América do Sul
Brasil
"Tem falado bobagem", diz Malafaia sobre Eduardo Bolsonaro
Brasil
Suspeito de atentado em Suzano é apreendido novamente
Brasil
Bolsonaro e Trump se reúnem hoje na Casa Branca
Brasil
Governo deve dialogar com partidos para aprovar reforma, diz Alcolumbre
Brasil
Após massacre, escola planeja acolhimento de alunos
Brasil
EUA: Bolsonaro tem reuniões com ex-secretário do Tesouro e empresários
Brasil
Suspeito de massacre em Suzano é liberado após prestar depoimento
Brasil
Netflix aumenta preços de assinaturas

Mais Lidas

Polícia
Orgia em motel vira caso de polícia
Polícia
Imagens fortes - Mais um é executado em menos de 24 horas na fronteira
Polícia
Vídeo - Um morre e outro fica ferido em execução na fronteira
Polícia
Adolescente é estuprada por quatro homens em Aquidauana