Menu
Busca domingo, 21 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Brasil

Site que divulgou fotos de Dieckmann está hospedado em Londres

06 maio 2012 - 21h36Lucíola Villela / G1

O site pornográfico que divulgou na internet as fotos da atriz Carolina Dieckmann nua está hospedado em Londres, segundo informou ao G1, na tarde deste domingo (6), o advogado da atriz, Antonio Carlos de Almeida Castro.

“Descobrimos hoje [domingo] que o primeiro site que vazou as fotos está hospedado em Londres. Esse é um sistema que eles usam muito. Mandamos um e-mail para o responsável jurídico do site, dizendo que tinha sido furto de imagens, que há uma investigação no Brasil, Eles informaram que assim que ficar comprovado a ofensa contra a atriz eles vão retirar do ar”, disse o advogado, que pretende acompanhar Carolina na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) na manhã desta segunda-feira (7), para que ela preste depoimento.

Segundo ele, um inquérito deve ser aberto para descobrir o autor das chantagens. Entretanto, o advogado acredita que os responsáveis pelo site também devem ser julgados. “Todos que dão publicidade ilegal é responsável. Nenhum site sério publicou as fotos dela”, disse.

Mesmo sendo vítima de chantagem para que as fotos em que ela aparece nua não fossem divulgadas, a atriz Carolina Dieckmann resolveu enfrentar a situação e os riscos de ter sua intimidade exposta, de acordo com o advogado.

“Mesmo com o desgaste da exposição, ela teve uma posição de enfrentar essa situação. A Carolina é uma cidadã responsável e está agindo com muita dignidade em toda essa situação. Esse caso é emblemático até mesmo pela imagem que ela representa”, afirmou Antonio Carlos. Por meio de e-mails, o chantageador pediu R$ 10 mil à atriz.

De acordo com Castro, a atriz ainda está abalada, mas disposta a enfrentar a situação. “Não entrei em detalhes familiares, mas sei que ela está recebendo muito apoio da família, especialmente do marido”, destacou.

Ação cível
Assim que o responsável for identificado, segundo Castro, a atriz também pretende entrar na Justiça com uma ação na esfera cível. “Após a identificação do culpado por parte da polícia, com certeza entraremos com uma ação de reparação de danos”, disse o advogado, ressaltando que, ao contrário do que muitas pessoas pensam, é extremamente fácil identificar crimes dessa natureza. “Esses crimes deixam marcas. A polícia técnica tem condições de fazer esse levantamento”, afirmou.

O advogado vai entrar com duas ações nesta segunda-feira (7). Uma delas será inibitória, para impedir que as fotos continuem no ar, sob pena de os sites que as mantiverem pagarem multa diária de um valor a ser estabelecido. A outra ação será criminal, para apurar quem retirou as imagens do computador de Carolina e as colocou no ar.

Via G1

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Confira o resultado da Dupla de Páscoa
Brasil
Bolsonaro diz que contratos de patrocínio da Petrobras passam por revisão
Brasil
CCJ retoma análise do parecer da reforma da Previdência na terça
Brasil
Bolsonaro condena ataques no Sri Lanka
Brasil
Bolsonaro diz que invasão de terra tem que ser tipificada como terrorismo
Brasil
Recadastramento de clientes de celulares pré-pagos começa nesta quinta
Brasil
Moraes revoga decisão que censurou reportagens
Brasil
Avianca vai devolver oito aeronaves depois da Páscoa
Brasil
Bolsonaro exonera general corumbaense, da secretaria de Esportes
Brasil
Mulher é presa seis anos após matar o ex-namorado

Mais Lidas

Polícia
Casal morre em acidente na MS-164
Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Geral
Meningite mata jornalista conhecido em MS