Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Cidade

Andorinha é autuada novamente por desrespeitar consumidores

A empresa de transportes Solimões também foi autuada devido a infrações

18 junho 2019 - 08h15Rayani Santa Cruz

O desrespeito aos diretos do consumidor, principalmente idosos com 60 anos ou mais é recorrente no terminal rodoviário de Campo Grande. E isso foi constatado mais uma vez pela Superintendência para Orientação e Defesa de Mato Grosso do Sul (Procon-MS), na manhã de segunda-feira (17).

As empresas Andorinha e Solimões são reincidentes na negativa do benefício de passagem gratuita ou, pelo menos, com desconto de 50% aos beneficiários. Os consumidores fizeram denuncia de que  as mesmas não têm previsão de disponibilizar a passagem nos próximos 30 dias, mesmo estando com a venda aberta.

Os fiscais verificaram que a Empresa de Transportes Andorinha, dispõe de linha ligando Campo Grande a Campinas (SP) uma vez por dia, durante toda a semana, mas, em apenas uma das sete linhas é liberada a gratuidade e, ainda assim, apenas 50% e não tem perspectiva de liberação para os próximos 30 dias.

Em se tratando da Empresa Solimões de Transporte de Passageiros e Cargas a situação é ainda pior uma vez que realiza 21 viagens durante a semana com destino a Curitiba (PR) e, em apenas três delas libera passagem grátis às pessoas que têm direito. Ainda assim, a disponibilidade de apenas 50% de desconto só poderá ocorrer no dia 18 de agosto, de acordo com atendentes nos seus guichês. Os representantes da empresa alegam que a liberação só ocorre em linhas convencionais.

As duas empresas estão infringindo o Código de Defesa do Consumidor e a Constituição Federal em seu artigo 230, que tratam da liberação das passagens determinando que isto ocorra em todas as linhas, independentemente de serem convencionais ou não. Ambas empresas visitadas em atendimento a denúncias de consumidores foram autuadas recebendo prazo para defesa.

Os canais para denúncias e reclamações do Procon Estadual estão disponíveis o telefone 151, o aplicativo “fale conosco” do site www.procon.ms.gov.br e, agora, um número (9 9158 0088) para watsapp, já liberado para contatos.

 

1/4 colchões

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Dívidas do IPVA chegam a R$ 47,2 mi, diz Sefaz
Cidade
Andorinha é autuada por desrespeitar estatuto do idoso
Cidade
Cruzamento perigoso na rua da Divisão recebe semáforo
Cidade
Procon encontra alimentos vencidos em conveniência da capital
Cidade
Desassoreamento: 20 mil m³ de areia já foram retirados do lago maior
Cidade
Obra no aeroporto dará a capital um terminal a altura da cidade, afirma Marun
Cidade
Prefeitura inicia recapeamento da Euler de Azevedo
Cidade
Prefeitura quer iniciar obras de estações de pré-embarque ainda este ano
Cidade
Parque das Nações Indígenas terá toda iluminação de Led
Cidade
Marquinhos volta à Brasília nesta quarta

Mais Lidas

Justiça
Rigo entra com recurso baseado em decisão de Toffoli
Geral
Jovem perde perna em acidente e pede ajuda em "Vaquinha Solidária"
Geral
Quatro capivaras amanhecem mortas próximo ao shopping
Polícia
Incêndio criminoso deixa pelo menos 16 mortos