Menu
Busca segunda, 17 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Cidade

Campo Grande é a quarta capital mais transparente, aponta CGU

“A transparência com o gasto público é uma das principais metas da nossa gestão", afirmou o prefeito

13 dezembro 2018 - 10h30Da Redação com Assessoria

Com nota 9,64, Campo grande ficou na quarta colocação entre as capitasis na escala transparência pública, conforme aponta levantamento realizado pelo Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU), divulgado nesta quarta-feira (12).  

Além disso a capital de Mato Grosso do Sul ocupa o décimo lugar entre os 691 municípios com mais de 50 mil habitantes, analisados pelo levantamento da CGU e Ministério da Transparência. A média das capitais é de 8,08 e dos municípios, 6,50.

Das capitais, apenas Campo Grande e outros sete municípios conquistaram nota entre 9 e 10: Vitória (9,85), Recife (9,76), Curitiba (9,67), Campo Grande (9,64), Porto Velho (9,59), Maceió (9,42), Brasília (9,15) e Cuiabá (9,1).

“A transparência com o gasto público é uma das principais metas da nossa gestão. Essa transparência que dá confiança ao cidadão, que paga seu IPTU em dia. Continuaremos investindo em transparência, para que o campo-grandense saiba exatamente onde o seu dinheiro é aplicado”, declarou o prefeito Marquinhos Trad.

A aplicação da EBT – Avaliação 360° ocorreu entre julho e novembro de 2018, distribuída em três fases distintas: Avaliação, 1ª Revisão e 2ª Revisão. As notas foram calculadas pela soma de dois critérios: Transparência Passiva (50%) e Transparência Ativa (50%).

Para avaliação da Transparência Passiva, verificou-se a existência de canais de atendimento ao cidadão (SIC ou similar) e de um sistema ou e-mail para envio de pedidos de acesso a informações públicas.

Os órgãos de controle também avaliaram a possibilidade de acompanhar o trâmite das demandas via LAI e a análise das respostas recebidas, levando em consideração o prazo, conformidade e opção de recurso. Para testar esta efetividade, três usuários diferentes e não identificados fizeram solicitações.

A Transparência Ativa refere-se à disponibilização de informações públicas de maneira espontânea na internet, tendo como exemplo sites oficiais e portais da transparência. O estudo feito nesta edição é diferente de outras versões, sendo impossível a comparação com resultado passado.

Cidades do MS

Em relação ao estado, o município mais bem colocado é Campo Grande com média 9,64 em transparência pública, seguido por Corumbá e Nova Andradina 9,44. 

Dourados aparece na quarta posição em MS, a frente de Três Lagoas, Naviraí, Sidrolândia e Ponta Porã, que possuí a pior nota entre as cidades pesquisadas na unidade da federação, com 3,46.

Brasil

Já em relação aos estados, Mato Grosso do Sul ocupa a sexta colocação com nota 8,94. A primeira colocação é de Pernambuco, com 9,4, seguido por Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Santa Catarina e Goiás. 

O pior no quesito transparência é o Amapá, com média de 5,99.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Com Refis, contribuintes em débito com a prefeitura têm até 90% de desconto
Cidade
Thiago Brava e Breno Reis e Marco Viola animam Arraial deste sábado
Cidade
Sábado tem festa junina solidária no Shopping Campo Grande
Cidade
Bomba da II Guerra Mundial é desativada em Berlim
Cidade
Mais de 5 mil pessoas compareceram a primeira noite do Arraial de Santo Antônio
Cidade
Trabalhadores em greve realizam manifesto no centro da capital
Cidade
Pega de surpresa, população usa aplicativo de transporte e paga mais caro
Cidade
Greve de motoristas de ônibus pega usuários do transporte de surpresa
Cidade
Mensagens que indicariam suposto massacre em escola geram pânico no interior
Cidade
Ruas da capital são interditadas para festa caipira

Mais Lidas

Opinião
De dois erros não se faz um acerto
Polícia
Jovem é morta a tiros em Ponta Porã e corpo é encontrado em estrada
Geral
Após bater em rotatória, universitário capota veículo em Ponta Porã
Economia
Após Bolsonaro falar em demissão do presidente do BNDES, diretor renuncia