Menu
Busca terça, 25 de janeiro de 2022
(67) 99647-9098
Governo - conta energia
Cidade

Com aumento dos casos de Covid-19, decreto proíbe eventos em Itaporã

Em 10 dias foram confirmados mais de 100 casos de coronavírus

14 janeiro 2022 - 09h12Camila Farias - com Dourados News

Foi decretado na última quinta-feira (13), pela Prefeitura Municipal de Itaprorã, proibindo a realização de festas e eventos até o dia 31 de janeiro, devido ao aumento de casos de Covid-19.

Segundo informações do site Dourados News, em 10 dias foram confirmados mais de 100 casos de coronavírus, sendo o maior número já registrado no município desde o início da pandemia. 

Com o decreto vigente, fica proibido a realização de todos os tipos de eventos, shows, torneiros, campeonatos, reuniões de associações, empresas, encontros de som automotivo, etc.

Além disso, festas de aniversário e reuniões familiares não podem exceder 20 pessoas. Também obriga o uso obrigatório de máscaras em locais fechados e vias públicas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Confira os pontos de vacinação para esta terça-feira
Cidade
Carnaval é cancelado ou adiado em 24 capitais e o Distrito Federal, incluindo Campo Grande
Cidade
Após princípio de incêndio, Casa da Saúde retorna atendimento nesta terça-feira
Cidade
Mais 19 ruas receberão frentes de recapeamento na capital
Cidade
Família procura por técnico de enfermagem desaparecido há 2 dias na Capital
Cidade
Durante as férias, Corpo de Bombeiros alertam para os perigos das trilhas
Cidade
Estoque baixo: Hemosul terá atendimento até às 17h neste sábado
Cidade
Fique atento! Casa da Saúde suspende atendimentos após incêndio
Cidade
Bairro Santo Amaro recebe serviço de desinfecção nesta quinta-feira
Cidade
Produtos vencidos em supermercados aumentaram durante a pandemia, identifica Procon

Mais Lidas

Polícia
Mulher é encontrada morta em motel de luxo da Capital
Polícia
Médico de MS morre em praia da Bahia
Polícia
Perita teria recebido visita antes de ser encontrada morta em motel de luxo
Polícia
JD1TV: Mulher encontrada morta em motel de luxo era agente do Imol