Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Cidade

Como saber se o agente de saúde contra a dengue não é bandido?

Megaoperação desperta interesse de criminosos e é preciso ficar alerta

23 janeiro 2020 - 13h52Joilson Francelino

Campo Grande está perto de uma epidemia de dengue e, para evitar, a prefeitura iniciou uma megaoperação de combate ao mosquito transmissor, colocando centenas de agentes de controle de endemias nas ruas para vistorias em residências de todas as regiões da capital, pelos próximos 70 dias.

A ação desperta o interesse de criminosos, que veem, na campanha, uma oportunidade para entrar nas residências, se passando pelos agentes, e praticar seus crimes: roubo, furto, etc. Para facilitar a identificação dos verdadeiros funcionários da prefeitura, a Secretária Municipal de Saúde (Sesau) reforça que eles estarão sempre uniformizados, com crachá e na companhia de dois ou três agentes.

Além disso, a Sesau recomenda que, se ainda haja suspeita, o morador pode ligar na ouvidoria, pelo número: (67) 3314-9955. Já o Ministério da Saúde orienta ligar no canal 156. Nos dois números o morador pode confirmar se o agente tem ou não cadastro no sistema.

Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Quarta-feira prazo final para quitação de licenciamento para placas final 9
Cidade
Coca-Cola abre vagas temporárias em Campo Grande
Cidade
Carteira Digital de Trânsito já está disponível para pagar multas com desconto no aplicativo
Cidade
AJUDE: Após sobreviver à descarga elétrica, Rafa terá pastelada para pagar tratamento
Cidade
Detran-MS pretende zerar os pátios com leilão
Cidade
Parceria entre Agehab e empresas da construção civil deve facilitar o sonho da casa própria
Cidade
Acidente entre caminhão e carreta mata uma pessoa na BR-262
Cidade
Plano de emergência tenta evitar desabastecimento em Corumbá
Cidade
Procon Estadual autua seis agências bancarias na capital
Cidade
Prefeitura libera apresentação de artistas de outros estados, na capital

Mais Lidas

Polícia
Mega busca nas margens da BR-163 para encontrar assaltantes
Saúde
“Rastrear” é aposta para barrar o avanço do coronavírus em MS
Polícia
Corpo de criança de 2 anos é encontrado no Rio Paraguai
Cidade
Quarta-feira prazo final para quitação de licenciamento para placas final 9