Menu
Busca terça, 02 de junho de 2020
(67) 99647-9098
Cidade

Confira como comércio funcionará a partir da próxima segunda

Os estabelecimentos deverão adotar diversos critérios de biossegurança durante o funcionamento

04 abril 2020 - 14h45Flávio Veras

A partir da próxima segunda-feira (6), boa parte do setor de serviço e o comércio varejista de Campo Grande, que está com suas atividades suspensas desde o último dia 21 de março, voltará a funcionar. Por meio de Decreto Municipal publicado nesta sexta-feira (03), as empresas deverão seguir uma série de recomendações que visam evitar aglomerações e preservar o distanciamento mínimo de 1,5 metro. 

 

Segundo a Prefeitura, o documento também determina medidas para reforçar a higienização do ambiente e disponibilidade de álcool em gel para os clientes. Na primeira semana, o horário de funcionamento vai das 9h às 16h30.

 

“O Executivo Municipal tem adotado medidas de restrições a mobilidade urbana, seguindo recomendação da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde, que preconizam o isolamento social como estratégia de prevenção ao Covid-19, pandemia que praticamente paralisa o mundo”, explicou o órgão por meio de nota.

 

Ainda conforme a Prefeitura, o plano, com base em critérios de biossegurança, define o calendário para reabertura gradativa das atividades comerciais, classificadas numa escala de 0 a 5, levando em conta a possibilidade (por conta das suas características) sendo maior ou menor de manutenção das condições de isolamentos social.

 

Os segmentos com pontuação 4 e 5, aqueles que por suas características, avaliou-se ser possível adotar medidas para evitar aglomerações, retomam suas atividades na próxima semana. De imediato está autorizado o funcionamento de serviços na área de saúde, como consultórios médicos, odontológicos, fisioterapia.

 

A partir de segunda-feira (6), reabrem as oficinas mecânicas, auto elétricas, concessionárias de veículos, floriculturas, livrarias, além do comércio varejista de um modo geral, lojas de roupas, confecções, armarinhos, eletrodomésticos, além de toda área de serviços (escritórios de contabilidade, imobiliárias, Advocacia).

 

O plano com as diretrizes para o enfrentamento do Coronavirus mantém suspensas as aulas nas escolas públicas e particulares; universidades. Continuam proibidos os eventos artísticos, culturais, esportivos; bailes, o funcionamento das academias em geral, clubes de lazer; shopping centers e os estabelecimentos situados em galerias, além dos bares com entretenimento. Parques, locais de lazer e convivência, públicos ou privados, continuam fechados.

 

O plano foi elaborado por uma equipe multidisciplinar integrada por técnicos das Semadur, Sesau, Agetran, Procuradoria do Município, Secretaria de Finanças, Agereg e Sedesc, que adotaram parâmetros e diretrizes da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde. O objetivo, segundo o prefeito Marquinhos Trad é “mitigar os efeitos dessa pandemia junto à população campo-grandense”.

 

De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Luiz Eduardo Costa, buscou-se o equilíbrio para que, gradualmente, o Município retome suas atividades, garantindo aos empregados e empregadores segurança jurídica, econômica e sanitária, e principalmente “a segurança e integridade à sua vida e de seus familiares”.

 

No próximo dia 13 serão reabertas as atividades classificadas com pontuação 2 e 3, em que foram incluídos o mercadão e o camelódromo. Terão de apresentar um Plano de Contenção de Riscos (biossegurança), que deve demonstrar como se dará a adoção de medidas eficazes para evitar a disseminação do vírus no seu funcionamento.

 

“As decisões da administração estão sendo tomadas, baseadas em estudos cientificamente comprovados. O prefeito está respaldado por uma grande quantidade de técnicos que estudam diariamente as orientações dos órgãos competentes”, garante o secretário.

 

Flexibiização

 

No início da semana foi flexibilizada a quarentena para as lojas de material de construção, lotéricas, agências bancárias, setor industrial e a construção civil. Desde a última sexta-feira (27), os restaurantes voltaram a funcionar, com redução de 70% da capacidade. Não houve interrupção em setores considerados essenciais, como supermercados, farmácias e postos de combustível.

 

Confira o Decreto na íntegra neste link.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Grupo antifascista organiza protesto em Campo Grande
Cidade
Terminais de ônibus passam por descontaminação
Cidade
Preço Abusivo: Procon-MS autua Mix Cosméticos por vender máscara a R$ 16,99
Cidade
Refis com até 100% de desconto começa nesta segunda e recursos serão destinados à saúde
Cidade
Coronavírus: Terminais recebem pias para higienização das mãos
Cidade
Abra portas e janelas: Oito bairros recebem fumacê nesta sexta
Cidade
Nova trecho de revitalização da 14 terá paisagismo e 76 novas árvores
Cidade
Marquinhos pode adiantar barreiras fixas nas entradas da capital
Cidade
AO VIVO - Veja o sorteio público de designação de moradias no Jardim Inápolis
Cidade
Amahsf faz sorteio de designação de apartamentos nesta sexta

Mais Lidas

Polícia
Família busca por homem que desapareceu no Rita Vieira
Brasil
Mandetta quer mudar ou sair de "quarentena"
Cidade
Grupo antifascista organiza protesto em Campo Grande
Geral
Mapa do Feminicídio é lançado nesta segunda e mostra dados alarmantes