Menu
Busca sexta, 18 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Sebrae - Portas Abertas
Cidade

Energisa enfrenta protestos após demitir trabalhadores

Concessionária terceirizou serviços; Campo Grande e Corumbá amanheceram com manifestações

07 agosto 2020 - 10h30Priscilla Porangaba

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria e Comércio de Energia no Estado do Mato Grosso do Sul (Sinergia-MS) realizou protestos contra as demissões e a terceirização do atendimento comercial da Energisa-MS em Campo Grande e em Corumbá.

Em Campo Grande, a manifestação foi em frente à unidade da Energisa na Avenida Calógeras, 2499, e em Corumbá, foi em frente à unidade comercial da concessionária de energia na Rua Frei Mariano, 730.

O ato com cartazes ocorre após a terceirização da agência comercial de Corumbá, que conforme o sindicato, a medida resultou na demissão de quatro funcionários e vai prejudicar a população que precisa dos serviços da empresa.

O presidente do Sinergia-MS, Elvio Vargas explicou que a tercerização precariza a relação de trabalho, e também precariza o atendimento à população. "As pessoas de Corumbá e Ladário que precisam desse serviço serão prejudicadas”, explica 

De acordo com o sindicato, a Energisa iniciou o processo de terceirização do atendimento comercial em Mato Grosso do Sul em março deste ano, com as unidades de Jardim e Nova Andradina. Na última semana, foi a vez de Corumbá.

Em 2019, a Energisa liderou o ranking de reclamações no Procon-MS, com 2.346 registros no Estado.

Demissões

Ainda de acordo com informações do Sinergia-MS, desde que o Grupo Energisa assumiu a concessionária, no ano de 2014, 900 trabalhadores foram demitidos, o que reflete na qualidade do serviço prestado aos consumidores. E a concessionária de energia elétrica já promoveu o desligamento de pelo menos dez trabalhadores no Estado desde o início da pandemia de coronavírus.

Energisa

A Energisa informa que está comprometida com a qualidade na prestação de serviços à população e com a manutenção de postos de trabalho. Eventuais desligamentos são pontuais e estão relacionados à rotina operacional da empresa. Vale destacar que, só no primeiro semestre de 2020, a empresa promoveu a contratação de 42 colaboradores e, desde 2014, já investiu mais de R$ 3 milhões em cursos de capacitação e treinamento de pessoal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Após 20 anos vivendo na irregularidade, 215 famílias de Bodoquena receberão título de propriedade
Cidade
Serão destinados R$ 100 milhões para obras com asfalto na capital
Vídeos
AO VIVO: Prefeitura assina contrato para obras que incluem Rita Vieira e Bom Pastor
Cidade
Bombeiros combatem último foco de incêndio no Atacadão
Cidade
Reabertura das fronteiras não inclui Pedro Juan Caballero
Cidade
Consórcio Guaicurus tenta barrar carona compartilhada de vans
Cidade
Baladas, clubes e cinemas estão liberados para retomar atividades
Cidade
Parques e praças reabrem nesta segunda com medidas de biossegurança
Cidade
Prefeitura terá plantão do Refis 100% neste sábado
Cidade
Mesmo com portaria, nem todas as praças da capital abrirão dia 14

Mais Lidas

Geral
Confira a agenda de lives para esta sexta-feira
Geral
CRMV-MS traz veterinários que atuaram em Brumadinho para ajudar no combate ao incêndio do pantanal
Cidade
Após 20 anos vivendo na irregularidade, 215 famílias de Bodoquena receberão título de propriedade
Justiça
Espaço de eventos indenizará em R$ 20 mil casal por falta de água durante casamento